Favoritos de 2014 (em construção)

sexta-feira, 4 de outubro de 2013

[Resenha] Deslembrança - Cat Patrick


Toda noite, quando London Lane recosta a cabeça no travesseiro e dorme, cada mínimo detalhe do dia que viveu desaparece de sua memória. Pela 
manhã, restam-lhe apenas lembranças do futuro: pessoas e acontecimentos que ainda estão por vir. Para conseguir manter uma rotina minimamente normal, London escreve bilhetes para si própria e recorre à sempre fiel melhor amiga. Já acostumada a tudo isso, ela tenta encarar a perda de memória mais como uma fatalidade que como uma limitação. Mas, quando imagens perturbadoras começam a surgir em suas lembranças e London precisa, de algum modo, escapar delas, fica claro que para entender o presente e o futuro ela terá que decifrar o que ficou esquecido no passado.


Editora Intrínseca / 256 páginas 






Deslembrança vai nos contar a história da London, uma adolescente que tem um problema desde criança, toda noite às exatas 4:33 da manhã, então London tem que anotar tudo o que ela fez, vestiu e viu durante o dia em bilhetes e anotações, para que no dia seguinte ela saiba exatamente o que viveu no dia anterior. 
Após esquecer de escrever um bilhete, London vai pra aula de educação física e não leva sua roupa (ela esqueceu de escrever o bilhete) e quando uma colega empresta uma blusa com gatinhos e um short curto em um dia de frio ela vira motivo de piada, é quando ela conhece Luke, um garoto novo na escola que ao ver a situação de London dar a ela seu casaco. À noite no mesmo dia London não menciona Luke em seu bilhete pois não consegue vê-lo em seu futuro, isso mesmo, ela esquece do passado mas lembra do futuro. 
A melhor amiga de London, Jamie, esta tendo um caso com um funcionário da escola, um homem de 24 anos e casado, após discutir com a amiga por não aceitar esse caso elas tem uma briga feia e acabam rompendo a amizade, London tenta de todas as formas reatar com a amiga mas Jamie não quer nem saber dela. O motivo de não querer que Jamie se envolva com o professor é o futuro que London ver para a amiga, um futuro horrível com muitas decepções.


“Todas as minhas lembranças, boas, ruins ou tanto faz, um dia vão se concretizar."


Luke é um personagem encantador, sempre preocupado e atencioso ele conquista London todos os dias. Depois de algum tempo namorando ela procura saber sobre seu Pai, que não ver a anos, quando isso acontece London acaba lembrando de algumas coisas de seu passado, a memória remota de London parece melhorar... mas nem tudo são flores quando se trada do passado e tem coisas que ela preferia não lembrar. 

"Então o tempo para.
Primeiro, vejo o sorriso. Há uma inconfundível doçura em meio à provocação ."  

O livro é viciante, muito encantador, todo narrado pela doce London de uma forma divertida e apaixonante. 
Li super rápido, é um livro descontraído, para se ler em um dia.
O romance é deles dois é emocionante, porque mesmo não lembrando claramente de Luke ele consegue conquista-la todos os dias com pequenos gestos.
Qualquer semelhança com o filme Como se fosse a primeira vez é mera coincidência até porque depois da página 20 vemos que é muito diferente mesmo tendo uma protagonista parecida. No filme por exemplo a personagem principal não "lembra" do futuro como a London, entre muitas outras diferenças. 
A única coisa que me deixou triste é que o final não é tão conclusivo, fica algumas coisas em aberto que a gente fica curiosa, como se tivesse uma continuação. 
Mesmo assim dei nota 5, um livro leve, divertido e encantador. 
Do gênero romance foi o que mais me agradou até agora. 
Recomendo. 




Beijos e até a próxima

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Obrigada por comentar!