Favoritos de 2014 (em construção)

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

[Resenha #26] Diários do Vampiro #1 O Despertar - L.J. Smith

                  Diários Do Vampiro #1 - O Despertar

Foto do Blog: Livros meu paraiso


Autora: L.J Smith
Editora: Galera Record
Páginas: 236
Nota: ★★★★ 4/5













         O Despertar  vai contar pra gente o romance entre uma mortal e um vampiro, Stefan e Elena.  Elena Gilbert acaba de perder os pais e agora, depois de voltar das férias na frança, tem que viver com sua tia Judith e sua irmã Margaret de 4 anos. Ela é a garota mais popular da escola e não sabe viver sem ter tudo e todos girando ao seu redor, suas amigas Bonnie e Meredith apoiam tudo o que ela faz e estão sempre por perto para ajudar no que for preciso.  Logo no primeiro dia de aula Elena conhece Stefan, o garoto misterioso e estiloso que parece não se importar de ter todos o olhando, não que ele goste, ele não se importa realmente. Elena tenta de todo jeito se aproximar do garoto novo, mas ele é o único ali que não da a minima para ela, e é justamente por isso que ela quer se aproximar, um garoto  que não a dê atenção? isso é novidade para ela.
Stefan Salvatore resolveu ir para Fell's Church para fugir de seu passado e das trevas que o seguem mas não é bem isso que ele consegue, uma garota da escola vem tirando sua atenção desde que ele chegara ali, Elena. Ela o lembra de seu passado obscuro e perigoso, ela o lembra de Katherine.

Vários ataques vem aterrorizando a cidade, um homem com o pescoço dilacerado e depois uma adolescente foi atacada e depois disso não sabe dizer o que aconteceu, esses foram apenas os primeiros, a cidade está em polvorosa e acham que aquilo foi obra de algum animal.

Stefan é um vampiro "vegetariano" ele não bebe sangue humano, apenas de animais, isso o deixa muito fraco e seus poderes diminui mas ele é do bem e se recusa a matar os humanos, não naquela cidade... ali não.
Damon é o irmão de Stefan, um vampiro sexy e muito poderoso por estar sempre bebendo sangue humano, é do mal e para ele nada é impossível, bem, até agora. Ele quer Elena, e para isso ele começa a atormentar  a vida do irmão.

Elena é uma garota mimada por todos, está sempre com todos ao seu redor e acha que o mundo não gira em outra direção, até conhecer Stefan. Ela é forte e persistente, não desiste do que quer e parece não ter medo de nada. Gostei desse lado forte de Elena mas seu lado"patricinha nojenta que faz birra" deixou a desejar. Achei o Stefan muito parado, fraco e nada Sexy, mas gostei do personagem, dos diálogos e etc. Também gostei do Damon... ah Damon... o que falar? Sempre sarcástico e conquistador Damon tem tudo o que precisa, menos é claro, o amor de elena, que desde o começo do livro se diz apaixonada por Stefan. Bonnie foi uma personagem que eu gostei muito, já a Meredith  eu achei que não teve muito espaço para se desenvolver nesse livro, espero saber mais sobre ela nos próximos


"Desde quando ela, Elena Gilbert, tinha medo de encontrar alguém? Desde quando tinha medo de alguma coisa?"                                                            Pág: 9


Eu gostei muito do livro mas confesso que esperava algo um tanto arrebatador, por se tratar de vampiros eu esperava algo mais sombrio e obscuro.
A Narrativa me desagradou, a escrita da autora não foi tão boa nesse primeiro livro.
A Elena me irritou muito no começo mas no meio ela já estava bem madura.  Eu gostei muito mas não amei.
É praticamente impossível ler o livro e não comparar com a série de tv, tem alguns personagens que não aparecem e isso me deixou triste, a Bonnie por exemplo teve que se transformar em BonnieMeredith na série, duas personagens em uma. E a Elena do livro é LOURA gente, loura, já na série é morena, vai entender né? Quando eu terminar de ler todos os livros faço um post comparando com a série e digo se gostei ou não da adaptação e o porque.
Indico mas se você já assistiu a série corre grande risco de não gostar dos livros.
Psiu: dá pra ler tranquilo em um dia.

"Sangue humano, o elixir definitivo, o vinho proibido. Mais inebriante do que qualquer bebida alcoólica, a essência ardente da própria vida."    Pág: 65

"Ele ignorou seus protestos , apenas continuou a encará-la  com os olhos verdes que queimavam como gelo, uma frieza intensa e profunda. Ele olhava para através dela, para uma distância incompreensível."                                                 Pág: 206

"Alguma coisa estava ali, algo maligno, algo que a queria. E ela estava totalmente sozinha."
                                                                             Pág: 151
                                                                                           
Foto do Blog: livrosmeuparaiso.blogspot.com.br

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Obrigada por comentar!