Favoritos de 2014 (em construção)

quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

[Resenha #31] Cidades de Papel - John Green



Editora: Intrínseca
Título Original:  Paper Towns
Ano:2008 by John Green
Numero de páginas: 368
Edição: 1°
Gênero: YA- Jovem Adulto
Tradução por: Juliana Romeiro
Nota: 111115/5
No Skoob (Clique aqui)






O livro vai narrar a história de Quentin Jacobsen (Q.), um adolescente que desde a infância nutre um amor platônico por sua vizinha, Margo Roth Spiegelman. No passado, eram amigos inseparáveis, mas hoje Margo é a garota mais popular da escola enquanto Quentin é o Nerd que tem apenas 2 amigos, Radar e Ben.

Em uma madrugada, Quentin é visitado por Margo, que entra pela janela do quarto do garoto e faz uma proposta: ela o convida para um plano de vingança; no começo Q. fica relutante em aceitar mas resolve que vai assim mesmo, quem sabe ela quer retomar a amizade dos dois.
A noite de aventuras foi incrível e Q. fica com esperanças de que tudo fique como antes e eles possam voltar a ser amigos, mas no dia seguinte, na escola, Margo não vai e nem nos dias seguintes àquele.
Ninguém parece se importar com o sumiço dela, é característico de Margo sair pelo mundo sem avisar nada a ninguém.
Preocupado com o paradeiro da garota, Q. descobre que ela deixou pistas e resolve ir atrás dela, mas parece que elas não levam a lugar nenhum e Q. tem que correr contra o tempo para resolver o mistério.

"Uma Margo para cada um de nós. E todas elas eram mais espelho do que janela."Página 231

"Quis dizer que ela deve estar por aí fazendo coisas típicas de Margo. Virando o mundo de cabeça pra baixo"
Página 108

" A menininha que enfiara o dedo na represa para proteger a cidade havia  sumido. A enchente era inevitável."
Página 109



A narrativa do Green nesse livro me impressionou, sempre achei a escrita dele poética e inteligente mas nesse livro ele se superou. Os personagens são tão engraçados e tão bem narrados que eu me senti entre amigos. Os melhores amigos do Q. são o Radar e o Ben, personagens únicos e engraçadíssimos, quando a história ficava repetitiva eles quebravam o gelo com as piadas hilariantes e os diálogos cheios de sarcasmo.
Muita gente falou mal da personagem Margo, deve ter alguma coisa errada comigo pois amei e entendi a personagem como se já fosse íntima dela, os motivos que levaram ela a fazer o que fez podem ter sido "pequenos" mas ela tinha um motivo e um sonho, o que ela fez foi correr atrás do que queria mesmo que para isso ela tivesse que ir do conhecido para o desconhecido, a fome de aventura da personagem me fez acreditar nela, e foi isso que aconteceu, eu acreditei e defendi a personagem.
O Quentin as vezes fica meio possessivo em acha-la e esquece da própria vida para desvendar o quebra-cabeça que é o sumiço dela.
Um livro incrível que mexeu muito comigo. Na minha opinião esse foi o melhor livro do John Green até agora. Perfeito.
Sobre o final: Não acho que tenha faltado um final como muitas pessoas acham, gostei do desfecho mas adoraria uma continuação,
Super indico!

11 comentários :

  1. Eu já li esse livro e também adorei! É um dos meus favoritos!
    Gostei da resenha e do blog, parabéns!
    Já estou seguindo hehe.
    http://cantinhos2livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, fico muito feliz em saber!
      Obrigada Guilherme!
      Beijos!



      Excluir
  2. Não li o livro ainda, é unico livro do autor que li foi A culpa é das Estrelas, vou esperar essa modinha Jhon Green passar um pouco e ler, aproveitar que minha prima tem os livros.
    Beijokas, Brubs
    Livros de Cabeceira
    @IWannaRuffles

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que achou de ACDE?
      Realmente, o tio Green ta na moda mesmo, rs.
      Beeijos sua linda!!

      Excluir
  3. Já li um livro desse autor (ACEDE) e -surpresa- não gostei muito.
    Quer dizer, achei bacana, mas nada extraordinário, já li romances melhores. Não sei o que as pessoas viram de tão especial. Estou com outro livro do autor, mas não espero ler tão cedo.

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Inês, tudo bem?
      Eu gostei bastante de ACDE mas Cidades de Papel foi bem melhor, na minha opinião.
      Beijos sua linda!

      Excluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Eu li esse livro há um tempinho atrás. Já comecei a leitura não esperando nenhum final feliz pra não me decepcionar e foi o que aconteceu . Ri muito, curti o livro e não me decepcionei com o final. Apesar de ficar um pouquinho triste, já esperava por aquilo e até entendo os motivos dela. Enfim, també queria continuação haha, mas conhecendo Sr. John Green, acho que não vai ter não hein :/

    Beeijos
    quenerdissealice.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Outra pessoa que nao se decepcionou com o final <3 B saber que vc tbm entendeu os motivos dela.
      O jeito é reler os livros mesmo :/
      Mt obg por comentar <3
      Beijos lindona.

      Excluir
  6. Olha, eu odiei Alasca enquanto muitas pessoas a amaram, então tenho um pouco de receio, espero gostar da Margo.

    A premissa do livro me intriga bastante, mas também tenho receio quanto a isso: tenho medo de não gostar dos personagens, pois essa loucura que eles cometem, essa possessão do Q. ... Tudo me leva a crer que não irei gostar. Mas espero que sim, porque é o próximo livro que lerei do autor.

    Obrigada por comentar lá no blog :)
    Beijos,
    Mell Ferraz
    http://www.literature-se.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que alegria te ver por aqui Mell. Tudo bem?

      Amo a Alasca e a Margo também.
      Leia mesmo, espero que goste bastante do livro e seus personagens.

      Beijos sua Linda

      Excluir

Obrigada por comentar!