Favoritos de 2014 (em construção)

quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Então eu li... A Hora da Estrela - Clarice Lispector

A história da nordestina Macabéa é contada passo a passo por seu autor, o escritor Rodrigo S.M. (um alter-ego de Clarice Lispector), de um modo que os leitores acompanhem o seu processo de criação. À medida que mostra esta alagoana, órfã de pai e mãe, criada por uma tia, desprovida de qualquer encanto, incapaz de comunicar-se com os outros, ele conhece um pouco mais sua própria identidade. A descrição do dia-a-dia de Macabéa na cidade do Rio de Janeiro como datilógrafa, o namoro com Olímpico de Jesus, seu relacionamento com o patrão e com a colega Glória e o encontro final com a cartomante estão sempre acompanhados por convites constantes ao leitor para ver com o autor de que matéria é feita a vida de um ser humano.





Difícil é não se apaixonar pela história da Macabéa, não querer mudar o destino dela, não sentir vontade de abraçar, cuidar e lhe dar dar conselhos...
Além de humilde Maca é guerreira, o seu único defeito é ser ingênua demais. Ela gosta do pouco que tem, não quer mais, ela é feliz, com a dor dela. 
Acredita em todo mundo, essa Macabéa, não sabe que a vida pode ser ainda mais traiçoeira... 

Acho que a maioria de vocês já leu esse livro, não é? Mesmo assim Spoiler é algo proibido aqui nesse blog. Enfim, o que foi aquele final? Jesus amado, o livro é tão curtinho que eu achava que não seria possível ter um final tão trágico. Mas imagina se fosse grosso? Ler montes de páginas e depois se deparar com aquele final de despedaçar o coração? 

A narrativa é tão densa e ao mesmo tempo gostosa de se ler... inspiradora. Inspiradora é a palavra certa para definir essa tal de Lispector...
Li esse livro depois que meu namorado se esgoelou de falar bem dele e não me arrependi nem um pouquinho. Maravilhoso, apesar do final (se preparem).

Essa não foi uma resenha, não me arriscaria em resenhar uma obra tão crua e tão bem escrita. 

Iai, você já leu A Hora da Estrela? Gostou? Comenta aí ;)

7 comentários :

  1. Não, eu nunca li, mas me interessei muito!
    Gostei bastante!

    Beijos!
    http://heartbreaker-girls.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Li quando estava na escola e, pra falar a verdade, só me lembro do final e de que eu gostei muito hahahaha Preciso reler. Clarice é uma autora que já li várias vezes "sem saber" hahahaha Ainda tenho um livro de contos dela aqui, preciso reler.

    http://sobrelivroseletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um final corajoso, mas triste, huahsua
      Preciso ler outras coisas dela....

      Excluir
  3. Li e sou completamente apaixonada por esse livro. Foi o primeiro que li da Clarice. Olha, acho que seu próximo livro dela deveria ser "A paixão segundo GH" ou "Perto do Coração selvagem". E, por favor, leia sem falta a biografia da Clarice, escrita pelo Benjamin Moser. Acabei de lê-la hoje, e AMEI. Simplesmente amei. Foi a primeira biografia que li na minha vida, e é tão boa, tão magnífica, que me fez acabar com o preconceito que eu tinha em relação a biografias.
    Amei seu blog, Gaby. Eu li esse livro quando tinha sua idade, e minhas impressões foram as mesmas. Leia-o daqui a alguns anos. ;)
    E parabéns por permitir-se dar mais um passo na escala literária (se é que ela existe), lendo os grandes autores. Vejo muito pouca gente da sua idade fazendo isso.

    Virei sua leitora, aliás. E te convido a conhecer meu blog: www.literasutra.com

    Um abraço,
    Monalisa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu amei esse livro também Monalisa, me deixou com uma certa nostalgia sabe? A personagem ser nordestina deixou o livro ainda melhor.
      Vivo pesquisando mais sobre a Clarice, comecei a ler Laços de Familia e to gostando muito. Vou ler A Paixão Segundo GH em breve, pode deixar <3
      Esse Benjamin é o filho dela? Agora fiquei super curiosa pra ler a biografia...
      Fico muito feliz que visite meu blog!!! Obrigada pelas indicações <3
      Beijos

      Excluir
  4. Ah! Outra coisa: Você sabia que a Clarice foi criada em Pernambuco? Outro motivo pra você continuar a ler as coisas dela (e sobre ela, como a biografia que citei no comentário anterior). Se eu, que sou carioca, já tive um turbilhão de coisas a trocar com ela, imagine você. :)
    Beijinho!

    www.literasutra.com

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!