Favoritos de 2014 (em construção)

quarta-feira, 10 de setembro de 2014

A Vida do Livreiro A. J. Fikry - Gabrielle Zevin

A Vida do Livreiro A.J. Fikry
Autora: Gabrielle Zevin
Editora: Paralela
Ano: 2014
Páginas: 186

Sinopse: Uma carta de amor para o mundo dos livros “Livrarias atraem o tipo certo de gente”. É o que descobre A. J. Fikry, dono de uma pequena livraria em Alice Island. O slogan da sua loja é “Nenhum homem é uma ilha; Cada livro é um mundo”. Apesar disso, A. J. se sente sozinho, tudo em sua vida parece ter dado errado. Até que um pacote misterioso aparece na livraria. A entrega inesperada faz A. J. Fikry rever seus objetivos e se perguntar se é possível começar de novo. Aos poucos, A. J. reencontra a felicidade e sua livraria volta a alegrar a pequena Alice Island. Um romance engraçado, delicado e comovente, que lembra a todos por que adoramos ler e por que nos apaixonamos.

O livro conta a história do A.J. Fikry, um livreiro que perdeu a esposa recentemente e com ela a maioria dos amigos, A.J. é um homem anti-social que quando não está lendo seus livros está bebendo até desmaiar. A vida dele muda drasticamente quando uma menina de 2 anos aparece em sua livraria, e junto dela um bilhete que dizia que ali seria o melhor lugar para a criança, que mesmo tão jovem já gostava de livros. Alguns dias depois a mãe da menina é encontrada morta, suicídio. Agora ele tem que reaprender a amar e colocar o negócio adiante; para isso ele conta com a ajuda de outros dois personagens, o amigo e detetive Lambiase e a adorável Amelia.
"Pela experiência de Amelia, a maior parte dos problemas das pessoas seria resolvida se dessem mais chances às coisas."
Um livro sensível, bem escrito, com ótimos personagens e difícil de largar. A leitura desse livro não foi algo planejado, vi o comentário sobre ele de uma blogueira que admiro muito e fiquei tentada a lê-lo.

Além de ser um ótimo entretenimento o livro nos ensina a sermos mais tolerantes com o próximo, respeitar o gosto alheio; sabemos que os livros são ótimos amigos mas que não podemos viver através deles, temos que escrever nossa própria história, viver nossas próprias aventuras e nossos romances; sabemos também que é libertador darmos uma segunda chance, e também ganhar uma segunda chance.

"Não pode enfiar a cabeça na areia e fingir que e-readers não existem. Não pode lidar com as coisas desse jeito."

Livro mais que indicado, um dos melhores que li esse ano.
Leia!

11 comentários :

  1. A vida do livreiro já me foi recomendado umas 10x rsrsrs vou ler em breve e não vejo a hora se for tudo que me dizem vou amar
    ⋙ Um beijo, te espero no blog
    blog Livros com café

    ResponderExcluir
  2. Quero muito ler esse livro.. So vejo boas indicacoes.
    Tb vi q a edicao brasileira esta cheia de erros e por isso oretendo ler em inglês mesmo!
    Bjs
    Forever a Bookaholic
    Curta a página do blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia em inglês, dizem que a tradução está péssima.
      Beijos

      Excluir
  3. Estou louca pra ler este!!! Obrigada por mencionar o livro físico, eu não sabia! Beijos! ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leeeia Patty! Eu não li o livro físico mas ouvi MUITA gente falar que a tradução está péssima...

      Excluir
  4. Estou querendo muitooo ler esse livro.
    Adorei a resenha.
    Te marquei numa tag lá no blog.
    Beijos
    Construindo Estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. http://construindoestante.blogspot.com.br/2014/09/tag-conhecendo-blogueira-inicio-da.html

      Excluir
    2. Ahhh, adoro tags <33 Obrigada linda!

      Excluir
  5. Olá, Gaby.
    Nunca tinha ouvido falar do livro, mas gostei de sua opinião sobre a mesma. A sinopse e a capa também me chamaram bastante atenção. Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!