Favoritos de 2014 (em construção)

terça-feira, 2 de setembro de 2014

O Menino de Vestido - David Walliams


Autor: David Walliams
Nº de páginas: 192
Editora: Intrínseca
Gênero: Infantil

Sinopse: 

A vida de Dennis não é nenhum mar de rosas - ele foi abandonado pela mãe, não se entende com o irmão, o pai está deprimido e, para piorar, há uma regra em casa que proíbe abraços. Só duas coisas o fazem feliz - jogar futebol e olhar vestidos bonitos. Ele é o atacante do time do colégio e adora a revista Vogue. Durante uma detenção, Dennis conhece Lisa, a menina mais bonita da escola e que também se interessa por moda. Os dois se tornam amigos e passam a se encontrar na casa dela. Até que um dia ela o convence a pôr um vestido e ir à aula fingindo ser uma aluna de intercâmbio. É nesse momento que a vida chata e comum de Dennis se transforma em algo extraordinário.
  

Conhecer a história do Dennis foi uma experiência incrível pois já fazia um bom tempo que eu não lia um livro infantil, e ainda mais um tão cheio de conteúdo para reflexão como este. 

Dennis é um menino que foi abandonado pela mãe e agora vive com o pai e o irmão mais velho, sempre teve uma paixão por revistas de moda e futebol, e, mesmo com os tropeços que vieram pela frente ele não desiste de seu sonho. Conhece uma menina mais velha que se chama Lisa e logo eles se tornam muito amigos, já que Lisa tem o sonho de ser estilista e ainda costura suas próprias roupas. Ela tem a ideia de que Dennis ficaria lindo de vestido e ele, depois de muito pensar, acaba provando um dos vestidos de Lisa. Depois disso se dá inicio uma aventura hilária com muita moda e aprendizado. 

"Às vezes as crianças são cruéis sem querer, com a mesma facilidade com que se transmite um resfriado, mas Lisa era diferente."

É um ótimo livro para ser lido não só por crianças mas por adolescentes e adultos também, o amadurecimento e conscientização de todos a volta de Dennis é notável e muito lindo.
 O livro nos ensina a ter mais respeito com o próximo e deixar o preconceito de lado, afinal, seria péssimo se fôssemos todos iguais, não é? 

A narrativa (em terceira pessoa) é muito bela e prende o leitor, além de ter ilustrações lindíssimas. 


"Sua vida era tão comum que algo extraordinário simplesmente tinha que acontecer."

"Às veze um sentimento é tão profundo que palavras não são suficientes para descrevê-lo."

"Todos temos uma pessoa que, quando está perto, faz nosso coração disparar. Mas, mesmo quando se é adulto, às vezes é difícil dizer o que se sente."

Super indicado!!

2 comentários :

  1. Adorei a resenha flor! Ele parece ser muito bom, mesmo infantil :D

    Beijos!
    http://heartbreaker-girls.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!