Favoritos de 2014 (em construção)

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Beijos de Vampiro - Ellen Schreiber #EuTôdeFérias

Beijos de Vampiro

Novos moradores sempre causam impacto quando chegam a uma cidade pequena. Ainda mais se vão morar em uma velha mansão abandonada, que todos juram ser mal-assombrada. Quem são, ou melhor, o que são eles? Poderiam ser vampiros? 
Raven, uma garota de 16 anos, louca pelas criaturas das trevas, gostaria muito que isso fosse verdade. E ela gostaria de saber o que poderia acontecer caso o lindíssimo filho dos forasteiros a beijasse.









Sabe aquela leitura despretensiosa que a gente faz e acaba se impressionando? É o meu caso com esse livro. Essa leitura foi uma grata surpresa pois, mesmo ansiosa para ler, eu não esperava que fosse gostar tanto e ler tão rápido, li em menos de 7 horas. 

Raven tem 16 anos e é completamente louca por vampiros. Se veste toda de preto e não está nem aí para quem a olha torto e ri de sua roupa bizarra, ela até gosta que a vejam assim.
Todos naquela pequena cidade sabem do amor dela pelas criaturas da noite pois, mesmo quando criança ela sempre dizia que quando crescer queria ser uma vampira. 
Quando uma família bem esquisita vai morar em uma mansão abandonada, Raven começa a especular sobre um possível clã de vampiros, e a cidade toda também. 
Mas não será tão fácil chegar perto deles, e principalmente do filho adolescente, quanto ela imagina e Raven terá que lidar com o Trevor, badboy sem noção que faz de tudo para implicar e atrapalhar a vida dela.
O grande mistério: Será que Raven está certa e aquelas pessoas são mesmo vampiros ou é apenas sua imaginação lhe pregando uma peça? 



























-
Uma leitura leve, divertida (muito divertida!) e totalmente despretensiosa! Não tem como parar de ler e só consegui largar o livro quando cheguei a última página! 
A Raven, apesar de seu estilo não muito convidativo, é um amor de personagem, muito divertida e sarcástica, sempre faz de tudo para defender quem ama e não desiste tão fácil de seus objetivos. 
"O que é fantasia para uns é a realidade para outros." Página 101

A escrita da Ellen é boa, nada mais que isso. Soube construir uma personagem (que narra em primeira pessoa) que sabe divertir o leitor, e, apesar da história não ter um enredo fantástico ou mirabolante, nos prende até a última página com seu pequeno e bem bolado mistério principal: será que os novos abitantes daquela mansão são mesmo vampiros? Isso só vamos saber na última página, então não vale dar uma espiadinha tá? 

Essa foi a resenha da minha terceira leitura da maratona #EuTôdeFérias e espero que tenham gostado!

Ps: Essa edição da editora ID está lindíssima e a capa tem um efeito muito bonito!

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Obrigada por comentar!