Favoritos de 2014 (em construção)

terça-feira, 13 de janeiro de 2015

A Garota Que Você Deixou Para Trás - Jojo Moyes #EuTôdeFérias

A Garota Que Você Deixou Para TrásDurante a Primeira Guerra Mundial, o jovem pintor francês Édouard Lefèvre é obrigado a se separar de sua esposa, Sophie, para lutar no front. Vivendo com os irmãos e os sobrinhos em sua pequena cidade natal, agora ocupada pelos soldados alemães, Sophie apega-se às lembranças do marido admirando um retrato seu pintado por Édouard. Quando o quadro chama a atenção do novo comandante alemão, Sophie arrisca tudo a família, a reputação e a vida na esperança de rever Édouard, agora prisioneiro de guerra. 

Quase um século depois, na Londres dos anos 2000, a jovem viúva Liv Halston mora sozinha numa moderna casa com paredes de vidro. Ocupando lugar de destaque, um retrato de uma bela jovem, presente do seu marido pouco antes de sua morte prematura, a mantém ligada ao passado. Quando Liv finalmente parece disposta a voltar à vida, um encontro inesperado vai revelar o verdadeiro valor daquela pintura e sua tumultuada trajetória. Ao mergulhar na história da garota do quadro, Liv vê, mais uma vez, sua própria vida virar de cabeça para baixo. 


Essa sinopse resume bem o livro, mas me deixem falar um pouco mais sobre ele... 

Sophie e Édouard são um jovem casal apaixonado que, por causa da Primeira Guerra Mundial, têm que se separar um do outro. Ele foi levado para lutar no front. Enquanto ela foi deixada no hotel da família em uma pequena cidade na frança tomada por soldados alemães. 
A única lembrança que restou a Sophie foi o quadro que o marido pintou retratando ela nos bons tempos, quando nada parecia capaz de separar os dois. O quadro, de uma beleza hipnotizadora, logo chama a atenção de um comandante alemão. Sophie, que foi designada cozinheira dos alemães, faz de tudo pela família e para rever o marido, arriscando a própria vida por aqueles que ama. 


"Na tela, vi uma garota que não reconheci. Ela me olhava de volta de modo desafiador, com o cabelo cor de cobre reluzindo à meia-luz, a pele clara como alabastro, uma garota com a autoconfiança imperiosa de uma aristocrata. Ela era estranha, orgulhosa e bela. Era como se tivessem me mostrado um espelho mágico." Página 53

Liv Halston é uma jovem viúva que vive sozinha em uma casa projetada pelo falecido marido. Ela passa seu tempo fazendo pequenos trabalhos e admirando um quadro que seu marido a presenteou na lua de mel. O quadro de uma bonita mulher, que parece observar Sophie e dá-la a força necessária para seguir a vida. Mas a vida teima em mudar o rumo das coisas e a vida de Liv vira de cabeça para baixo quando sem mais nem menos ela descobre o valor do quadro e a triste história ligada a ele. Mas ela não é a única que descobre isso.





























A Garota Que Você Deixou Para Trás é uma história bem escrita, mas suas muitas reviravoltas um tanto desnecessárias me fizeram ficar entediada durante a leitura; como assim, produção? Eu explico. É realmente maravilhoso quando estamos lendo um livro chato e de repente a autora ou autor dá uma reviravolta que faz com que não queremos largar mais o livro. Nesse aqui é exatamente o contrário pois começou muito bom e a cada reviravolta ia ficando mais chato.

A primeira parte, que conta a triste história da Sophie é o que salva o livro, pois ela é uma mulher que luta por aquilo que ama: faz de tudo para reencontrar a felicidade e dá a vida pela família em meio a um cenário de guerra e sofrimento.
Enquanto, na segunda parte, Liv é uma jovem ranzinza que só pensa em si mesma. Estou sendo meio dura, não? Mas ela é aquele tipo de personagem que queremos arrancar da estória e colocar uma menos chata (bem menos) no lugar. 

A narrativa da Jojo, pelo menos nesse livro, é bastante descritiva e muitas vezes repetitiva. Como se ela tivesse que escrever um número x de páginas e lhe faltasse tempo para isso. Tanto que os personagens secundários quase não tiveram vez. E muitos desses personagens tinham histórias que dariam um livro, talvez ainda melhor que A Garota. 

Tenho, entretanto, que reconhecer o belíssimo trabalho de pesquisa da autora. Ficou evidente que ela passou muito tempo pesquisando antes de sentar para escrever. E, mesmo tendo me decepcionado com algumas coisas nesse livro, não tardarei a ler outras obras da autora pois talvez eu não tenha começado com o pé direito. 

Dei 3 estrelas para o livro. A primeira parte foi muito boa e os últimos capítulos foram bem cativantes. A personagem Liv e a narrativa muitas vezes arrastada e repetitiva que me fizeram tirar as duas estrelas. Sendo assim, A Garota Que Você Deixou Para Trás é um bom livro, mas nada espetacular. Indico para quem curte romances mais descritivos e histórias da Primeira Guerra. 
Ah, estou completamente apaixonada por essa capa! 




20 comentários :

  1. Meu deus, acho que não lerei outro livro da autora tão cedo. Li Como Eu Era Antes de Você esse mês e estou de ressaca ainda.
    Adorei a resenha

    Tem sorteio de 1 ano do blog, já está participando? Não? Então corre lá!
    http://penelopeetelemaco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quero muito ler Como Eu Era Antes de Você! Quem sabe eu acabo simpatizando com a autora! rssrs
      Que bom que gostou!

      Excluir
  2. Todo mundo elogia tannnto esse livro!
    Achei ótimo que você foi sincera e descreveu bem as partes entediantes. Quando eu ler já vou preparada pra isso.
    Amei a resenha!!!

    Bjks

    Lelê - http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também só li resenhas apaixonadas sobre ele!
      Fico feliz que tenha gostado da resenha, Alê! :D
      Beijo

      Excluir
  3. Vejo todo mundo falando maravilhas desse livro e nunca tinha visto alguém com uma opinião igual a minha a respeito desse livro. A primeira parte salvou todo o livro, a segunda foi bem chatinha! kk Quase largava de lado. rs Mas temos que ser sinceras, a capa é realmente maravilhosa. Linda *-*
    Beijos
    Lendo & Apreciando

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Chatinho né? Realmente a primeira parte salvou o livro todo! Eu pensei várias vezes em desistir da leitura mas prometi a mim mesma que em 2015 eu irei evitar abandonar os livros!
      Obrigada pela visita, Kamilla!
      Beijo

      Excluir
  4. Jojo Moyes é uma das minhas autoras favoritas. Essa temática é bem parecida com A Última Carta de Amor, que também foi escrito por ela. Já ouvi falar muitas coisas boas sobre esse livro, mas sua resenha abaixou minhas expectativas, então irei com menos sede ao pote rsrsrsrs

    http://tudoqueeuli.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Queria ter gostado mais desse livro, mas não deu :/
      Se você gosta da autora, da escrita dela, pode ser que goste desse livro bem mais que eu!
      Beijos, linda.

      Excluir
  5. Ainda não tive chance (nem vontade) de conhecer o trabalho da Jojo Moyes. Ela surgiu no canto dela e de repente virou uma versão feminina do Nicholas Sparks que todo mundo ama. Então estou esperando a poeira baixar até decidir ler alguma coisa escrita por ela.

    Odeio quando o autor tem todo um trabalho de pesquisa e simplesmente desperdiça isso numa história chata para cumprir prazo de determinada editora. ZzzZz. Às vezes, a personagem principal não precisa ser o foco; sempre existem personagens que vamos gostar mais. Gostaria que os autores entendessem isso...

    Vamos lutar por um mundo em que os personagens secundários tenham mais destaque! Xx.

    www.apenasumahistoria.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahaha, ri demais. Sim, ela é bem a versão feminina do Nicholas! Boa comparação.
      Sim, os personagens secundários as vezes são 10% melhores que os protagonistas!!
      Beijo, Fernanda!

      Excluir
  6. Olá!

    Ainda quero ler algum livro da Jojo. Principalmente esse, quero saber o que aconteceu com Liv. Infelizmente você disse que a leitura não te surpreendeu tanto, já que, a cada reviravolta, ficava mais chato. Que pena, de verdade. Capa encantadora, mas, pelos comentários, a história não é tão boa assim.
    Adorei a resenha!

    Beijos literais,
    Luiz Henrique (Luke)
    instanteliteral.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se a história te interessou leia, Luiz! Eu não gostei muito mas você pode gostar :D
      Capa linda né?
      Beijo

      Excluir
  7. Oi Gaby. Tudo bem? Também sou apaixonada por essa capa e estava doida para ler esse livro, mas nunca tinha lido uma resenha dele. Agora que sei como é já não tenho tantas certezas. Eu odeio quando o livro começa maravilhoso e depois despenca ladeira a baixo. Além do mais que não gosto de histórias de guerra e muito menos romances descritivos de mais. Acho que esse último torna o livro mais chato ainda. Obrigada pela resenha sincera. Bjoks da Gica.

    umaleitoraaquariana.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo ótimo, Gica!!
      É realmente broxante começar um livro de narrativa boa e terminar não gostando nadica. É duro.
      Eu gosto muito de histórias de guerra, mas esse aí... é bem superficial.
      Fico feliz que tenha apreciado a resenha ;)
      Beijo!

      Excluir
  8. Oi Gaby
    Eu já não gostei da capa, não me atraiu, e pela resenha vou deixar passar, minha lista de não lidos desejados já está bem grande.
    Abraços,
    Gisela
    @lerparadivertir
    Ler para Divertir

    ResponderExcluir
  9. Eu sempre quis ler um livro dessa autora. Muitos falam de como eu era antes de você, deve ser um bom livro, já esse não chamou a minha atenção. Se fosse a segunda guerra acho que seria mais legal. A capa é uma fofura, dá vontade de tê-la para deixar na estante, hahaha
    Beijos,
    Ana.

    http://our-constellations.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também!! Sempre quis ler algo dela, uma pena que eu tenha começado com o pé esquerdo!
      Quero muito ler Como Eu Era Antes de Você, a história parece ser linda.
      Capa linda né? hahah
      Beijo

      Excluir
  10. Oi Gabi, tudo bom?

    Confesso que ainda não me sinto preparada para ler nenhum dos livros dessa autora, mas morro de vontade. Gostei muito da sua resenha, a sinopse falou muito pouco. Vamos ver se esse ano me rendo aos livros da autora né? HAHAHAHAHAH Parabéns pela resenha!

    Beijos, Rob
    http://estantedarob.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz que tenha gostado da resenha, Roberta!
      <3 <3
      Beijo

      Excluir

Obrigada por comentar!