Favoritos de 2014 (em construção)

domingo, 31 de maio de 2015

Filha da Floresta - Juliet Marillier

Autora: Juliet Marillier 
Editora: Butterfly
Páginas: 608
Adicione à sua lista no Skoob 
Trilogia Sevenwaters: livro 1
Compre AQUI

Sinopse: O domínio de Sevenwaters é um lugar remoto, estranho, guardado e preservado por homens silenciosos e criaturas encantadas, além dos sábios druidas, que deslizam pelos bosques vestidos com seus longos mantos...
Passada no crepúsculo celta da velha Irlanda, quando o mito era lei e a magia uma força da natureza, esta é a história de Sorcha, a sétima filha de um sétimo filho, o soturno Lorde Colum, e dos seus seis amados irmãos, vítimas de uma terrível maldição que somente Sorcha é capaz de quebrar. Em sua difícil tarefa, imposta pelos Seres da Floresta, a jovem se vê dividida entre o dever, que significa a quebra do encantamento que aprisiona seus irmãos, e um amor cada vez mais forte, e proibido, pelo guerreiro que lhe prometeu proteção.


Sorcha é uma criança abençoada, sétima filha de um sétimo filho e adorada por todos. Desde pequena possuí grande habilidade com as plantas e ali em Sevenwaters ajuda todos os aldeões com seus preparados naturais. Apesar de muito jovem a pequena Sorcha era quem levava alegria a todos ali. Seus irmãos a adoravam e seu pai, mesmo que não demonstrasse, a amava muito. 


"Éramos tão ligados uns aos outros, os sete, que nenhum sofrimento, fosse físico, emocional real ou imaginário que um de nós tivesse passava despercebido ou ficava sem consolo."


Tudo começa a mudar na vida da menina quando os homens de seu pai capturam um bretão, um jovem de terras inimigas. Infelizmente o pai de Sorcha não compartilha dos mesmos bos modos e pensamentos dos filhos e ordena que seus homens torturem o bretão até que ele fale o porque de estar ali. 

Indignado com a postura do pai, Finbar, um de seus filhos, consegue libertar o prisioneiro.




Sorcha é chamada pelo padre Brien para ajudar um paciente que está hospedado em sua simples casa e que mesmo com os cuidados do padre continua muito doente. Ao chegar lá ela descobre que esse paciente é o bretão que fugiu e que ele foi terrivelmente machucado e torturado por pessoas nas quais ela confiava e que trabalhavam para seu pai, Colum.

No começo o jovem bretão que ela descobre se chamar Simon não aceita a ajuda de Sorcha, até porque ela era uma simples criança e não podia saber tanto sobre cura, além disso era uma inimiga e inimigos não ajudam uns aos outros. Mas com insistência ela consegue ir curando seu corpo aos poucos, e logo consegue também ajudá-lo com os conflitos internos, causados pela tortura que sofreu. Alguns dias se passam e depois semanas. Agora os irmãos de Sorcha foram buscá-la, sem saber o que ela realmente fora fazer ali, e apesar de relutante em deixar Simon enfrentando seus fantasmas sozinho ela vai com eles.

Sorcha não podia imaginar todas as provações que iria passar dali por diante. Chegando em casa descobre que seu pai arranjara uma noiva, e que logo iriam se casar, apesar de não saber quase nada sobre a misteriosa mulher o pai parecia enfeitiçado com a beleza de Lady Oonagh e nada podia fazê-lo mudar de ideia, nem seus filhos nem amigos. 

Não demora muito e, logo depois do casamento, a ardilosa Lady Oonagh mostra sua verdadeira face. Não conseguindo conquistar todos os irmãos ela começa a fazer da vida deles um inferno, jogando uns contra os outros. Sorcha é quem mais sofre com as humilhações sofridas pois ainda é uma criança e nunca teve contato com tanta maldade. Mas o pior ainda está por vir. 

Juntos os três tentam fazer contato com a Dama da Floresta para pedir conselhos mas com isso acabam despertando fúria na madrasta e ela roga um feitiço nos irmãos de Sorcha, transformando-os em Cisnes. A menina consegue fugir e descobre que pode trazê-los de volta, mas para isso terá que passar pelas mais terríveis, dolorosas, difíceis e inimagináveis provações, tendo que dar adeus ao seu próprio lar, à sua infância, e à sua inocência para trazer de volta aqueles que mais ama. 

Seu caminho a partir de agora será marcado por momentos de dor, aprendizado, tristeza e espera. Seu interior é transformado pelo medo e pela perda. Mas nada nem ninguém pode tirar de Sorcha sua coragem e dedicação e muito menos mandar em seu coração...

Até onde você iria para salvar aqueles que mais ama? 



Filha da Floresta é um livro de fantasia que se passa na velha Irlanda. Um cenário mágico onde existem os Seres da Floresta, que podem ser bem malvados quando querem e plantas que curam. Sem animais falantes nem feitiços mirabolantes, aqui a autora manteve a simplicidade, além de nos presentear com lindas lendas contadas por Sorcha, nossa protagonista e narradora. 

Apesar das 608 páginas a leitura flui rapidamente e somos totalmente fisgados pela escrita ágil da autora. Como em qualquer outro livro grandinho assim existem altos e baixos durante a narrativa e nem tudo são flores para nossa protagonista. No começo as páginas praticamente voam, mas da metade pro final vai ficando um pouco mais lento, o que é normal já que no decorrer da estória mais elementos são acrescentados.

Temos elementos originais como os Seres da Floresta nem tão bonzinhos assim e outros mais clichês como a madrasta/bruxa má e eventos que causam transformação interior. Ah, o livro foi inspirado em um conto germânico dos Irmãos Grimm, Os Seis Cisnes

Apesar de ser do gênero fantasia, Filha da Floresta tem uma carga emocional muito forte já que somos inundados por todo sofrimento e agonia de Sorcha em sua missão. 
O romance só aparece mesmo no final, e é a coisa mais verdadeira e linda do mundo. Vale a pena aguardar. 

No comecinho a autora fez uma nota explicando um pouco sobre os termos usados e como deveríamos pronunciar algumas palavras. Sorcha, por exemplo, se pronuncia Sorca. Temos também um mapa de Bretanha e Irlanda que vocês podem conferir mais acima. 

Filha da Floresta foi um leitura incrível. Sabia que iria gostar mas não imaginava amar tanto essa história e ficar tão apegada a ela. Foram 608 páginas de pura diversão e magia. Sorcha é uma personagem forte e verdadeira, além de muito corajosa e valente, sem mimimi nenhum e totalmente leal à suas origens, mesmo quando é colocada em situações de vida ou morte. Entrou para os favoritos e mal posso esperar para poder ler o segundo volume, Filho das Sombras. 

Desculpem o tamanho da resenha mas um grande livro merece grandes elogios. 


16 comentários :

  1. Olá Gaby... É a primeira vez que estou visitando seu blog, está tudo perfeito *~*
    Comecei com um blog agora, e se vc pudesse visitar seria uma grande ajuda. boa sorte, bjs..

    www.its-sucker.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou do meu cantinho, Fábio, volte mais vezes :)
      Pode deixar ;)

      Excluir
  2. Olá Gaby
    achei muito legal essa serie, ainda não li, mas pretendo comprar em bre, acho as capa muito lindas, espero comprar o mais breve possivem
    Sucessos
    Bjks
    Passa Lá No Meu Bloh http://ospapa-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bem legal sim, esse primeiro livro está fantástico! :D Depois me conta o que achou.
      Bjs

      Excluir
  3. Olá!
    Eu não tenho muito interesse nessa série, pois sou uma pessoa muito chata com capas hahaha e eu não consigo gostar dessa, sabe? A história é bem bacana e sua resenha ficou muito boa.

    Beijos
    http://www.breakingfree.blog.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério que não gostou? :o Achei tão linda! Mas te entendo, espero que dê uma chance a essa história linda.
      Beijos

      Excluir
  4. Oi Gaby!
    Eu fiquei meio perdida pela sua resenha, mas deve ser porque não conheço muito bem a história. Fiquei bem em dúvida quando pedi o livro para a editora, porque Filha da Floresta parecia tão legal, o enredo prometia muito, espero ter a oportunidade de ler Filha da Floresta em breve E se você amou a leitura, mesmo tendo 600 e tantas páginas, acho que eu vou gostar, a história parece se desenrolar bem, sem ser chata *-*
    beijos

    LuMartinho |Face

    ResponderExcluir
  5. Eu estou ansiando por começar essa série.
    Não vejo a hora.
    Sua resenha me deixou ainda mais encantada por esses seres encantados e gostei de saber que foi inspirado num conto dos irmãos Grimm.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  6. Realmente, a resenha ficou um pouco longa, achei desnecessário contar tantos detalhes do enredo, mas gostei de tudo, esse livro parece ser ótimo. Já li outras resenhas sobre ele e até a capa é encantadora. Adorei você ter colocado uma imagem do mapa, ficou bem ilustrativo. Bjs

    Território nº 6

    ResponderExcluir
  7. Amiga eu ainda não tive a chance de fazer a leitura desse livro, mas estou bastante curiosa, porque eu já vi várias resenhas positivas e agora lendo aqui fiquei ainda mais fascinada. Espero poder gostar, mas estou esperando um pouco, porque como se trata de séries, eu quero eliminar primeiro os que tenho avulso sabe? Porque são muitos livros de série que tenho em minha estante para vc ter uma ideia =x

    Mas outra coisa também...Você já ouviu falar dos livros DANÇA DA FLORESTA e O SEGREDO DE CYBELE? Dizem que é maravilhoso e é da mesma autora. Eu também tenho eles na minha estante. Faz pouco tempo que os comprei e espero gostar bastante.

    Enfim...Se cuida amiga e fica com Deus

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/05/resumo-do-mes-maio.html

    ResponderExcluir
  8. Faz algum tempo que sinto vontade de ler esse livro. Histórias com druidas e magia sempre me chamam atenção, mas é tanta coisa pra ler que a pessoa acaba sempre deixando pra depois, e... Bem, um dia o lerei, certamente.

    Beijo ;*

    http://miasodre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Essa trilogia é a minha favorita. Quando li não esperava gostar tanto também, e no fim, amei demais demais.
    Fiquei chocada com tudo que Sorcha tem que enfrentar, mas ao mesmo tempo, orgulhosa de sua coragem. <3
    Eu adorei a trama que a autora criou, é muito fluída e cativante, você precisa ler logo os outros dois!
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  10. Olá eu já tinha visto esse livro antes e quero ler, mesmo não sendo o meu gênero preferido esse me chamou a atenção, gostei de conhecer mais dele através da sua resenha, espero poder ler um dia.
    http://vocedebemcomaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. E chove resenha desse livro e sempre a maioria positiva e que ta me fazendo querer ler, seus malditos blogueiros kkkkk
    Mas a sua resenha é a mais completa até agora, ameeeei :D
    O Diário do Leitor

    ResponderExcluir
  12. Olá, tudo bem?
    Ao ver que o livro tinha tudo isso de páginas, fiquei com um pouco de medo, mas tudo me chama a atenção, a capa, o fato de se passar na Irlanda, o enredo. Espero que ele alcance minhas expectativas!
    Super beijos <3
    http://livros-cores.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Que resenha! Amei. Gente... eu chorei tanto, Gaby. Quando lembro do livro me vem uma cena da Sorcha lá sozinha e acontece aqui lá, já me dá vontade de chorar. Realmente ela é muito forte, sem mimi, sem dúvidas uma das personagens mais fortes e determinadas que já tive o prazer de conhecer.
    Ah, e o romance? Demora pra aparecer, mas quando aparece é muito amor né? haha Era pra ter lido essa resenha antes, caramba... agora quero reler o livro, mas tenho outros aqui que tenho que ler. kkk
    Beijos
    Lendo & Apreciando

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!