Favoritos de 2014 (em construção)

sábado, 6 de junho de 2015

Neve na Primavera - Sarah Jio

Autora: Sarah Jio
Gênero: Drama
Nro Páginas: 336
ISBN: 9788581637211


Sinopse:
SEATTLE, 1933. Vera Ray dá um beijo no pequeno Daniel e, mesmo contrariada, sai para trabalhar. Ela odeia o turno da noite, mas o emprego de camareira no hotel garante o sustento de seu filho.

Na manhã seguinte, o dia 2 de maio, uma nevasca desaba sobre a cidade.
Vera se apressa para chegar em casa antes de Daniel acordar, mas encontra vazia a cama do menino. O ursinho de pelúcia está jogado na rua, esquecido sobre a neve.

Na Seattle do nosso tempo, a repórter Claire Aldridge é despertada por uma tempestade de neve fora de época. O dia é 2 de maio. Designada para escrever sobre esse fenômeno, que acontece pela segunda vez em setenta anos,
Claire se interessa pelo caso do desaparecimento de Daniel Ray, que permanece sem solução, e promete a si mesma chegar à verdade. Ela descobrirá, também, que está mais próxima de Vera do que imaginava.

"Ninguém fala sobre o passado. Ele foi cuidadosamente escondido, até encontrar a liberdade à força. Os segredos têm dessas: sempre encontram seu caminho. Mesmo que leve uma vida toda." Pág 302


















2010. Claire Aldridge é uma repórter bem sucedida que vem enfrentando sérios problemas de bloqueio. Não consegue se livrar da culpa pela morte de seu bebê e seu trabalho não lhe desperta a paixão de antes. Além disso seu casamento está por um fio, e tudo isso parece ser culpa dela. 
Quando uma nevasca desaba em Seattle, bem na primavera, trás consigo muitas emoções e mistérios. Claire terá que escrever uma matéria sobre a tempestade de neve, que caiu pela primeira vez  em 1933. Sem saber muito bem por onde começar ela se depara com o desaparecimento de Daniel Ray, com 3 anos na época, e que parece não ter tido solução para o caso. 
Intrigada com o que podia ter acontecido naquela família ela vai atrás de respostas, ao mesmo tempo que tenta superar sua própria perda naquele acidente e salvar seu casamento. 

1933. Vera Ray precisa trabalhar duro para sustentar seu pequeno filho, Daniel. Não suporta a ideia de ter que deixá-lo sozinho mas não é aceitável uma criança, ainda mais filho de empregada, no grande hotel onde trabalha. 
Quando sai do hotel, mas tarde que o normal, se depara com um cenário todo branco. Uma nevasca. Bem na primavera. Daniel. Com o sapato furado e fraca por não ter comido o dia todo ela corre para casa, mas chegando lá não encontra seu filho, ele desapareceu deixando no meio da neve seu ursinho, que nunca deixaria para trás. Fora levado.
Desesperada e sem o apoio da polícia ela faz de tudo para encontrar Daniel, mas todos os caminhos que toma não parecem levar a lugar algum. Enquanto procura por ele ela se lembra de Charlie, pai de Daniel e seu grande amor, do qual precisou abrir mão por conta da grande diferença de classe social. Ele, herdeiro de uma fortuna e ela uma simples filha de pescador. Agora, depois de 3 anos, terá de procurá-lo para pedir ajuda. 

Essas duas mulheres têm algo em comum: ambas conheceram a dor de perder um filho. 

"Fechei os olhos, deixando as lembranças verterem como um deslizamento, destruindo o mundinho inflexível que eu havia criado para mim mesma, a blindagem emocional que me protegia de sentir a dor do passado. Fechei os olhos. E me lembrei." Pág 96

Neve na Primavera é um drama narrado por duas mulheres marcadas pelo passado. Duas sobreviventes. Uma em busca de seu filho. A outra tentando superar a perda do seu. 
Os capítulos são intercalados entre a visão das duas personagens: Vera e Claire. Ambas muito bem construídas pela autora. 
A escrita de Sarah Jio é belíssima. Consegue emocionar e animar o leitor com muita facilidade, deixando a narrativa rápida e fluida, além de saber deixar-nos curiosos e famintos por respostas. 
A conclusão do mistério não é nem um pouco previsível, confesso que fiquei bem surpresa com o que a autora planejou e adorei o desfecho. Foi empolgante também acompanhar o amadurecimento da Claire durante a narrativa.
Não chorei lendo o livro, mas isso não quer dizer que não é uma estória emocionante, porque é, principalmente os capítulos narrados por Vera Ray, que mexeram muito comigo. Dei 4 estrelas e indico para quem, como eu, adora um bom drama. Já quero muito ler outros livros da autora. 

24 comentários :

  1. nunca tinha ouvido desse livro, pelo menos eu acho que nao suahsauhsa, e dps da sua resenha ele me pareceu interessante, ate anotei aqui para lembrar dele, alem do pq dessa capa esta linda
    tonsdeleitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa capa está maravilhosa mesmo, me apaixonei.
      Espero que leia e aproveite a história! :D
      Beijos

      Excluir
  2. Oiie Gaby,
    Essa é a minha atual leitura e como mãe que sou
    já me emocionei e creio que vou me emocionar muito mais.
    Adorei a sua resenha, despertou mais ainda meu interesse sem me dar spoiler.
    Beijos, Kris - Conversas de Alcova ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Imagino sua emoção lendo o livro, Kriss. Eu, que não sou mãe (mas tenho um Hamster muito lindo, heheh) fiquei emocionada, imagino você com sua filha pequena. Se prepara pro desfecho!
      Fico feliz que tenha gostado <3

      Excluir
  3. Oi Oi!
    Eu ando louca por esse livro! Pedi para a editora, mas até agora não recebi e seu que estou perdendo uma grande história, é bem do tipo que eu gosto, com mais de um ponto de vista e aposto que vou me emocionar demais lendo! Sua resenha só despertou ainda mais minha vontade de ler!
    Beijos

    LuMartinho |Face

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lu, espero que consiga ler logo. Eu amei! :D
      Beijos <3

      Excluir
  4. Oi Gaby!

    Comecei a ler esse livro no feriado e até agora estou gostando demais da escrita. Não tinha lido nada da Jio ainda, mas estou amando a escrita dela. Adorei a sua resenha!

    Beijos
    www.estantedarob.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Rob, tudo bem?
      Muito bom né? Eu estava super ansiosa para lê-lo e não me decepcionei :D Que bom que gostou da resenha, fico feliz.
      Beijos!

      Excluir
  5. tô muito curiosa pra saber o que tem por trás desta história... Não sou mãe, mas deve ser uma sensação terrível perder um filho... penso logo no meu sobrinho, e que nunca ocorra algo de ruim com ele...
    estou ansiosa pra fazer a leitura de Neve na primavera... outro fator que me atraiu na história é o fato de se passar em épocas diferentes, com duas narrativas... gosto de livros assim...
    bjs
    http://torporniilista.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia mesmo, Maria, eu adorei e acho que irá gostar tbm! :D

      Excluir
  6. Olá,
    Com certeza a premissa do livro é emocionante, não consigo nem imaginar como pode ser a dor de uma mãe que perde o filho :/
    Achei bem interessante o livro ser narrado em duas épocas diferentes, espero lê-lo em breve.

    http://bibliotecacolorida.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Achei a história do livro muito tocante e espero poder ler em breve. Não consigo imaginar a dor de uma mãe, mas conheço a dor de perder alguém que amei, acredito que irá me levar as lagrimas rsrs

    Beijos
    http://www.breakingfree.blog.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia mesmo, Julia, creio que irá gostar!! :D

      Excluir
  8. Olá... tudo bem??
    Bom eu não me interessei pelo livro através da capa, mas lendo sua resenha fiquei bem curiosa para saber para onde que essa história caminhou... como a vida dessas duas mulheres podem ter se entrelaçado... não gosto nem de imagina como é a perda de um filho.... das duas formas deve ser desesperador e devastador. Falo isso porque tenho uma filha e não imagino minha vida onde ela não está por perto... fiquei interessada... Xero!

    ResponderExcluir
  9. Olá,
    Confesso que estou achando os últimos lançamentos da NC bem mornos, com esse não foi diferente. Não tenho vontade de ler a obra, ela realmente não me deixou curiosa.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Fiquei interessada na leitura.
    Adoro um bom drama e esse parece ser bem envolvente com pitadas de mistério.
    Quero saber o desfecho dessa história.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  11. Amiga estou bastante curiosa em fazer a leitura desse livro e sinceramente espero gostar bastante, porque a Tamara leu e resenhou para o I LOVE MY BOOKS e na verdade me deixou curiosa, principalmente por conta das passagens que ela falou que são lindas. Espero amar quando for fazer a leitura =]

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/06/the-book-jar-parte-6.html

    ResponderExcluir
  12. Oi, flor!
    Adorei conhecer esse livro. Nada tinha ouvido falar dele, mas acho que ao lê-lo nunca mais o esquecerei. O tema é intenso e a autora conseguiu explorá-lo duplamente, em contextos históricos diferentes. Gostei disso! Achei-a ousada e anotei a dica.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Oláa Gaby, tudo bem??
    Eu já ouvi falar nesse livro, mas não chamou tanto a minha atenção, não sei porquê. Acho que a capa que é meio sem graça, kkk Tenho que parar de julgar um livro pela capa.
    Por isso que eu gostei da sua resenha, por ela pude ver que eu talvez goste do livro. Um drama é sempre bem vindo, né??

    Beijos, Our Constellations

    ResponderExcluir
  14. Oii Gab, tudo bem com você?
    Adoro livros com drama, eles tem o dom de me prender do início ao fim. Adorei a premissa do livro, fiquei curiosa para saber o que acontece com Daniel, se depois de todo esse tempo, irão descobrir isso.

    Beijos da Jéss ♥
    Brilliant Diamond | Fan Page

    ResponderExcluir
  15. Oie, tudo bom?
    Também vou ler esse livro e espero gostar tanto quanto você. Também adoro dramas e fico feliz em saber que a narrativa foi boa e surpreendente. Nunca li nada da autora, mas sempre li coisas positivas sobre ela.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Oi, tudo bem?
    Também estou a espera do meu exemplar. Quando o solicitei não imaginava que seria um livro tão forte assim, já estou animada.
    Me parece o tipo de livro pra fazer o leitor sofrer e chorar.
    Estou animada!
    Beijocas da Deebs!

    ResponderExcluir
  17. Quando li As Violentas de Março, me emocionei muito com a história.
    Estou para ler Neve na Primavera, acredito mesmo que a história seja tão linda quanto o primeiro livro da autora publicado no Brasil.

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!