Favoritos de 2014 (em construção)

domingo, 23 de agosto de 2015

Na Ilha - Tracey Garvis Graves


Anna Emerson tem 30 anos, é professora de Inglês e está em um relacionamento que não evolui, e que ela está decidida a terminar assim que voltar de viagem.
Cansada de sua vida monótona e sem novidades ela aceita a oferta de emprego que lhe oferecem sem pestanejar; irá passar o verão em uma ilha paradisíaca dando aulas particulares de reforço para T.J. Callahan, um adolescente de 16 anos com um câncer em remissão.
Ele não quer ir nessa viajem, mas sabe que não tem muita escolha já que está bem atrasado na escola, devido a suas várias idas ao hospital.

As coisas começam a dar errado ainda no aeroporto, quando não conseguem embarcar no avião fretado que iriam. Embarcam em um hidroavião, mas antes de chegar na ilha o piloto sofre um ataque cardíaco, e eles caem no meio do oceano.

Anna e T.J. sobrevivem e são levados pela correnteza para uma ilha desabitada no meio de um mar infestado de tubarões. Fragilizados pelo acidente e lutando para sobreviver naquele lugar lindo mas muito perigoso, os dois precisam se unir para enfrentar os medos e as dificuldades que surgem.
Os meses passam depressa, ambos amadurecem e se conhecem aos poucos, unidos pelo mesmo propósito: sobreviver.

T.J. é jovem, mas maduro para idade. Conforme o tempo vai passando ele fica cada vez mais atraído por Anna, que apesar de sentir o mesmo prefere dar lugar à razão. Afinal, apesar da situação ela continua sendo sua professora, além de anos mais velha. Mas naquele lugar as regras e convenções sociais deixam de fazer muito sentido, logo que são apenas os dois ali, tendo de lidar com animais, doenças e perigos naturais; além da possível recaída de T.J.

Eles ficam na ilha durante 3 anos e meio. E, mesmo longe daquele lugar, as provações continuam e eles precisarão lidar com todo tipo de preconceito, afinal um casal com uma diferença de idade grande como eles ainda não é bem visto na sociedade. Também verão o quanto as coisas mudaram enquanto estavam exilados, quanta coisa perderam e tudo o que sentiram falta.
"A ideia de nossas famílias preparando cerimônias em nossa homenagem me magoou tanto que fechei os olho com força e me obriguei a dormir, com a esperança de fugir das imagens de uma igreja lotada, um altar vazio e as expressões chorosas de meus pais."  (Anna, página 63)
O livro é narrado em primeira pessoa e os capítulos são intercalados com o ponto de vista de ambos os personagens. A escrita da autora é simples e não tem muita descrição, apenas o suficiente para fazer o leitor imaginar os perigos/maravilhas da ilha.

Os personagens foram bem construídos e adorei ambos. O romance também foi bem bolado e aconteceu aos poucos, conforme os personagens iam se conhecendo; os sentimentos surgiram na hora certa e nada foi forçado. Quer dizer, quase nada. Apenas uma cena no livro me incomodou:  Anna e T.J. estavam pescando quando foram atacados por um tubarão, e eles lutaram contra o animal, e depois alguns golfinhos foram ajudá-los. E, quando o tubarão enfim morreu, eles o comeram.' Essa foi a única parte que achei que a autora se perdeu, achei irreal demais.

Metade do livro se passa na ilha e a outra metade se passa após o resgate, achei isso sensacional. É um livro com começo, meio e fim, entendem? Todas as pontas foram devidamente trabalhadas, e no final nenhuma ficou solta. Foi muito interessante acompanhar toda a jornada dos personagens, tudo o que passaram para sobreviver, e depois tudo o que enfrentaram para ficarem juntos...
Li o livro em pouco mais de 5 horas; achei a leitura fácil, mas de ritmo frenético, o que ajudou bastante na tarefa de me deixar acordada madrugada adentro.
Indico para todos que curtem um bom romance com doses certas de drama e humor; e finais lindos e emocionantes.
Entrou para os favoritos!

20 comentários :

  1. LOL 5 HORAS? gente me passa essa arte ninja ai kkkkkkk.
    a história parece linda mas eu dispenso, esse negocio de emocionantes pra mim não dá ainda to na vibe de livros leves porque já li um q acabou comigo esse ano.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hehehhe, sim, 5 horinhas corridas de leitura desenfreada e puf, terminei o livro.
      É muuuito lindo esse livro. Mas super te entendo ;)
      Bjs

      Excluir
  2. um livro que com certeza coloco todas as minha fichas já li muito livros assim que o personagem principal quer algo diferente, e normalmente isso é o que mas gosoto o revira volta.

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem?
    Eu tenho muita vontade de ler esse livro, já o vi várias vezes em promoção, mas sempre acabo passando outros na frente. E essa cena aí do tubarão também não me convenceu, embora eu ame golfinhos haha
    Beijos <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo, e com você? :D
      Leia mesmo, Roberta!! Comprei em uma super promoção por 7 reais e não me arrependi nem um pouco!
      Beijos!

      Excluir
  4. Olá!
    Eu já li esse livro e adorei! Acho que parte disso se deve ao fato de que o comprei sem expectativa nenhuma, só porque gostei da capa e tava barato hahaha
    T.J é um amorzinho :3
    Adorei sua resenha!
    Beijos!

    www.livrosdajess.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ÊEE! Comprei no mesmo estilo: tava barato e a capa é linda! Acabei me surpreendendo e muito.
      Siiim <3
      Obrigada!
      Beijos

      Excluir
  5. Gaby, que história mais linda.
    Acho que é o tipo de romance que faz você se apaixonar, afinal não é fácil sobreviver a um acidente, se apaixonar e quando é resgatado ter que lidar com as barreiras desse relacionamento.
    Me interessei bastante, ainda mais por você dizer dessa divisão de uma parte na ilha e outra depois de resgatados.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um livro muito bonito, Déborah! E muito apaixonante, sim.
      Que bom que se interessou pelo livro, espero que leia :D
      Beijos!

      Excluir
  6. É a primeira resenha que menciona o tempo de permanência dos personagens na ilha e o fato de que metade do livro se passa após o resgate. Isso com certeza me deu maior vontade de lê-lo. 3 anos e meio? Nossa, é muito tempo. Quero ler esse "sick-lit", que não é bem sick-lit por não focar a doença do rapaz (rs). Menção a câncer na adolescência, romance entre professora e aluno, romance entre uma pessoa mais velha e outra mais jovem... Enfim, temas que certamente merecem atenção.

    Beijos!
    http://myqueenside.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, eles passam muito tempo na ilha; teve um momento que pensei que nunca seriam resgatados. O câncer de T.J. é apenas mencionado de vez em quando, mas dá um clima de "medo" no livro e isso é ótimo, ehhehehe.
      Beijos!

      Excluir
  7. Oi, primeira resenha que leio desse livro e me encantei, confesso que fiquei meio assim no começo da resenha pelo moleque ter 16 anos e ela 30, mas 19 e meio é uma idade boa,hahhaha. Enfim, fiquei bem curiosa para saber como sobreviveram nessa ilha e como foi o resgate e melhor, quero saber o que rolou depois do resgate. Esse é um livro que com certeza quando puder quero ler.

    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que leia e curta bastante, Siméia! :D
      Beijos

      Excluir
  8. Oi ^^
    Gosto de livros que não ficam pontas soltas, mas esse romance não me animou muito não. '-' nem conseguir me senti interessada pela premissa, por isso não leria.
    obs: a capa tá bem legal. Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também adorei essa capa, achei colorida, iluminada... linda.
      Beijos

      Excluir
  9. Oie! Tudo bem?

    Não curti a temática do livro, por isso deixo essa dica passar. Mas uma coisa que me deixou feliz sobre a obra é que a leitura é fluída e frenética! rsrs adoro isso

    Beijos,

    Juliana Garcez | Livros e Flores

    ResponderExcluir
  10. Oii,
    Não curti muito a premissa do livro, mas leu em 5 horas? ahaha saudades do tempo em que eu podia fazer isso.
    Vivi
    Corujas de Biblioteca

    ResponderExcluir
  11. Já fiquei curioso para ler, adoro livros do gênero, mas o que me dificulta é a editora, as letras dos livros dele são tão pequenas e doí a vista, mas adorei a resenha!

    Abraços e até!

    http://lendoferozmente.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi, Gabrielly!
    Fiquei bem curiosa pelo simples fato de você ter lido em tão pouco tempo. Não tem nada a ver com o que costumo ler, mas mesmo assim me instigou. Pra ler em 5 horas, deve ser bom!

    Celly
    http://melivrandoblog.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!