Favoritos de 2014 (em construção)

sábado, 10 de outubro de 2015

Dez Coisas que Aprendi Sobre o Amor - Sarah Butler


Autor(a): Sarah Butler
Gênero: Drama
Nro Páginas256
ISBN: 9788581637778
Sinopse:

Por quase 30 anos, quando a brisa de Londres torna-se mais quente, Daniel caminha pelas margens do Tâmisa e senta-se em um banco. Entre as mãos, tem uma folha de papel e um envelope em que escreve apenas um nome, sempre o mesmo. Ele lista também algumas coisas: os desejos e o que gostaria de falar para sua filha, que ele nunca conheceu. Alice tem 30 anos e sente-se mais feliz longe de casa, sob um céu estrelado, rodeada pela imensidão do horizonte, em vez de segura entre quatro paredes. Londres está cheia de memórias de sua mãe que se fora muito cedo, deixando-a com uma família que ela não parece fazer parte. Agora, Alice está de volta porque seu pai está morrendo. Ela só pode dar-lhe um último adeus. Alice e Daniel parecem não ter nada em comum, exceto o amor pelas estrelas, cores e mirtilos. Mas, acima de tudo, o hábito de fazer listas de dez coisas que os tornam tristes ou felizes. O amor está em todas as partes desta história. Suas consequências também. Sejam boas ou más. Até que ponto uma mentira pode ser melhor do que a verdade?


"Você não pode sentir saudade de alguém que nunca conheceu. 
Mas sinto saudade de você. " 


Daniel é morador de rua e vagueia pelas ruas de Londres há quase 30 anos. Já idoso e com a saúde debilitada, Daniel está em busca de sua filha por todo esse tempo. Ele não sabe onde ela mora nem seu nome completo, por isso espera reconhecê-la entre outras milhares de pessoa. Ele sabe apenas seu primeiro nome e sua verdadeira história. 

Alice é uma mulher de 30 anos que adora viajar. Viagens longas, improvisadas e sem roteiro. Ela simplesmente não suporta Londres; especificamente a casa de seu pai, onde nunca se sentiu acolhida. Mas agora ela está de volta. E seu pai está morrendo.

Se sentindo culpada por não ter ido visitá-lo antes, mas ainda sentindo a rejeição no ar, Alice se vê sem rumo; não pela primeira vez na vida. Ela está acostumada a fugir, correr para longe dos problemas e das complicações rotineiras. Agora, depois de tanto tempo se escondendo, terá que enfrentar de uma vez seus piores medos, além de ter que lidar, mais uma vez, com seu passado complicado. 
Ela não tem muitas lembranças da mãe, que morreu em um acidente de carro quando estava indo buscar Alice na aula, muitos anos atrás. O que lhe restou foi a culpa e a incerteza. Afinal, como era sua mãe? 
Seu pai não fala no assunto e suas irmãs parecem esconder alguma coisa. 
Se não bastasse, seu namoro de 3 anos terminou; e apesar de sentir falta de Kal, a vida com ele não era tão fácil como parecia.

"Uma vez que tenha me apaixonado, acho quase impossível desapaixonar; aprendi isso sobre mim mesmo. Não é algo que torne a vida mais fácil." 

Listas com 10 itens cada. É o que os personagens têm em comum. 
Os capítulos não são enumerados e são as listas de dez coisas que separam os pontos de vista. A narrativa é em primeira pessoa e é feita por ambos os personagens principais, dando assim uma visão mais detalhada sobre tudo o que está acontecendo com eles.


A escrita da autora é boa e como sendo seu primeiro romance publicado, é um livro razoável. 
As 50 primeiras páginas podem ser meio complicadas, pois tudo é jogado em cima do leitor abruptamente, e por mais que autora tenha desenvolvido sua narrativa e explicado detalhes no decorrer do enredo, essa primeira impressão foi a que ficou para mim. 
Como uma boa fã do gênero (Drama), posso dizer que esse não está na lista dos melhores. E apesar da leitura ser rápida, direta e reflexiva, faltou empatia pelos personagens. Algumas atitudes que eles tomam são impossíveis de entender, mesmo tendo me imaginado na posição deles eu fiquei perdida e apenas torcia para que o livro acabasse, e não por um final feliz, como eu esperava. 
E o final foi o que mais me decepcionou em toda a narrativa. 
Vamos lá: Daniel está em busca da filha. Seu maior sonho é encontrá-la e contar sua história, saber sobre ela e tocá-la, para assim poder seguir em frente. Ok, temos a faca na mão. Ele encontra o queijo. E sabe o que acontece? Nada. Ok, serei justa, algumas coisas acontecem. Mas são tão mornas que passam sem causar nada, nem um piscar da minha parte. 
Foi um livro corrido, com um enredo que poderia ter sido mais trabalhado e aprofundado, já que a ideia dele é realmente muito boa. No final acabamos sem muita certeza de que esse é um livro único, de tão vago que foi. 

O ponto alto do livro são as listas que separam os pontos de vista. São intensas e por vezes bem-humoradas, apresentando mais o perfil dos personagens que a estória em si. 
Apesar de não ter funcionado tanto comigo, é um livro rápido e com uma boa premissa, que pode e vai agradar outros leitores. 


A Novo Conceito caprichou bastante na edição. Essa capa é linda e a contracapa também. Encontrei poucos erros de revisão e nada que atrapalhasse a leitura. 

É isso, espero que tenham gostado da resenha ;)

17 comentários :

  1. Olá.
    Tudo bom?
    Sinceramente após estar com a espectativa alta, desisti de ler o livro, ele me pareceu ser sem pé nem cabeça. Gostei de suas colocações.
    Parabéns pela otima resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Amiga até hoje eu ainda não li esse livro. Tenho ficado bastante curiosa
    desde do dia que foi lançado. Eu achei essa capa simplesmente maravilhosa sabia?
    E também eu não sei muito bem o que esperar desse livro, mas pelas suas impressões o livro poderia ser melhor e acho que a autora pecou um pouco em algumas coisas. Mas mesmo assim vou ler e vamos ver o que irei achar dele =x

    Nem me lembro a classificação que a Tamara deu para esse livro hahahahaa
    Enfim...Mas gostei de tudo que você abordou sobre a estória e espero que eu goste né? Seilá...vamos ver

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/10/resenha-goosebumps-o-espatalho-anda.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também adorei essa capa, Sil! :D
      Acho que irá gostar, sim, pelo menos um pouco! hehe.
      Beijos

      Excluir
  3. Oi, Gaby
    Eu ouvi mesmo que o final deixa com uma incerteza se a história terá continuação. Eu li só os primeiros capítulos e ainda estou esperando para ler o livro inteiro. Uma pena que não foi tudo isso para você. Espero ler e gostar mais, quem sabe.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que goste da leitura, Leticia! Não funcionou muito comigo não, mas pode ser que agrade outros leitores :D
      Beijos!

      Excluir
  4. Olá! Já li algumas resenhas sobre esse livro. Mesmo com as ressalvas, ainda estou com vontade de ler. Gostei muito da premissa, dessa procura dos personagens, fiquei curiosa para conhecer as listas que eles fazem. Beijos!

    http://www.livrosepergaminhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A premissa realmente é muito boa! Infelizmente não funcionou comigo, mas espero que goste bastante quando ler :D
      Beijos

      Excluir
  5. Oi, tudo bom?
    A Novo Conceito fez uma divulgação imensa em cima desse livro, fico triste em saber que é assim tão vago. Drama não é o gênero literário que gosto de ler, então acredito que não iria gostar da leitura.
    Beijos, lendocomabianca.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu adoooro um drama, então quando vi que iriam lançar fiquei super empolgada. Infelizmente não deu :/
      Beijos

      Excluir
  6. Oi!
    Vi muitas resenha desse livro, e a sua está bem sincera, parabéns!
    Uma pena os personagens terem sido vagos, pela sinopse tinha tudo pra ser uma história muito boa e cheia de reflexões.

    www.gordinhaassumida.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi, tudo bem?
    Eu não sou uma grande fã do gênero do livro, porém a premissa dele realmente me chamou a atenção. Eu sempre gostei de livros em que os personagens tem uma lista de coisas que ele queriam fazer.


    www.fonte-da-leitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As listas são o ponto alto do livro :D
      Espero que goste da leitura :))

      Excluir
  8. Olá. Vi várias pessoas comentando e ansiando sobre esta leitura mas sua resenha não foi tão positiva e isso me desanimou um pouco rs. Que pena que o final tenha sido corrido e que o início tenha sido muito na cara. Isso realmente não é nada legal quando lemos, principalmente quando estamos ansiosa pela leitura.
    Mas mesmo assim, eu quero ler e ver se eu gosto e tenho uma opinião diferente.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. OLá,
    Parece ser interessante por se tratar de amor paterno e não de amor romantico.
    Acho que livros deste gênero sempre são válidos por nos fazer sentir bem. Creio que também não gostaria do final vago.

    ResponderExcluir
  10. Olá,
    Gostei do livro por falar de amor com “um toque de realismo”. Isso te faz em certas partes se identificar, ou ao menos se sensibilizar junto com os personagens.

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!