Favoritos de 2014 (em construção)

domingo, 1 de novembro de 2015

Como se Apaixonar - Cecelia Ahern

Autor(a): Cecelia Ahern
Gênero: Romance, Drama
Nro Páginas: 352 

ISBN: 9788581637860

Sinopse:

Depois de não conseguir evitar que um homem acabasse com a própria vida, Christine passa a refletir sobre o quanto é importante ser feliz. Por isso, ela desiste de seu casamento sem amor e aplica as técnicas aprendidas em livros de autoajuda para viver melhor.

Adam não está em um momento muito bom, e a única saída que ele encontra para a solução de seus problemas é acabar com sua vida. Mas, para a sorte de Adam, Christine aparece para transformar sua existência, ou pelo menos tentar ajudá-lo.

Ela tem duas semanas para fazer com que Adam reveja seus conceitos de felicidade. Será que ele vai voltar a se apaixonar pela própria vida?



“Às vezes, quando você vê ou vivencia algo muito real, fica com vontade de parar de fingir. Você se sente um idiota, um charlatão. Fica com vontade de afastar-se de tudo o que é falso, seja algo inocente e inofensivamente falso ou algo mais sério; como seu casamento. Isso aconteceu comigo.

Christine Rose é uma mulher viciada em livros de autoajuda. E são as dicas que lê em um desses livros que a leva a um prédio desocupado em uma noite fria de dezembro. Apesar do perigo, ela não consegue resistir ao impulso de entrar ali para explorar o local; e é em um dos apartamentos que ela conhece Simon, que possui uma arma na mão e está prestes a dar um fim na própria vida. 

Abalada com o ocorrido e se sentindo cada dia mais culpada por não ter conseguido evitar que o homem atirasse em si próprio, Christine começa a questionar sua própria vida e seu casamento infeliz, no qual dá um fim assim que tem a chance; contando, claro, com as dicas de um autoajuda intitulado Como Deixar Seu Marido (sem machucá-lo). 
Agora tendo que viver em um apartamento minúsculo e tendo que lidar com a separação nada amigável, a vida da nossa protagonista está um caos. Não ajuda nada quando é provado que um raio pode, sim, cair duas vezes no mesmo lugar. 

O nome desse outro raio é Adam, um homem infeliz que está prestes a pular da ponte Ha'Penny, em Dublin. E Christine aparece bem na hora para convence-lo a não fazer aquilo. No calor do momento eles fazem um acordo: ela terá duas semanas para mostrar a Adam que a vida pode valer a pena e existem outras opções para ele. O prazo final será no seu aniversário, quando será nomeado diretor da empresa da família, coisa que ele prefere morrer a ter que fazer, já que não tem a mínima vocação para isso.

Christine tem pouco tempo para conseguir convencer aquele homem amargurado de que sua vida vale a pena; além de tentar fazer com que sua ex namorada volte para ele e arranjar uma maneira de evitar que ele ocupe um cargo que não quer. Sua própria vida está um turbilhão, mas ela está certa de que conseguirá salvá-lo, coisa que não conseguiu fazer antes. É sua chance de ficar de bem consigo mesma. 


Apesar de ter uma premissa bem puxada para o lado dramático, Como Se Apaixonar é um chick lit de arrancar risadas... e suspiros. Cecelia Ahern me surpreendeu positivamente ao sair da zona de conforto à qual eu estava acostumada, dos dramas, e presentear os leitores com uma trama leve e divertida, com um romance apaixonante e personagens muito bem trabalhados no sarcasmo. 
Isso não quer dizer que não possui drama, pois possui; mas esse não é o foco do livro. Aqui temos diálogos divertidíssimos e tiradas geniais que divertem o leitor do começo ao fim. Eu sentia falta disso na escrita da autora, por isso a surpresa. 

Um personagem que me chamou muita atenção na narrativa é um dos clientes de Christine, Oscar, com o qual ela tem uma relação muito bonita de amizade e compreensão; e ela também o ajuda a superar alguns obstáculos da vida para alcançar seus objetivos. 
Nossa protagonista é quase uma psicóloga. E isso não passa despercebido pelos personagens também. 

A autora tem umas ideias muito legais colocadas em prática no enredo. Uma delas é justamente esse lado terapeuta da protagonista, que é guiada apenas pelos livros de autoajuda  que possui aos montes; e no que isso afeta o seu relacionamento com Adam, que se recusa a procurar ajuda profissional. 

Foram essas pequenas/grandes coisas que fizeram total diferença no enredo, pois, apesar de simples, elas fizeram com que me aproximasse ainda mais dos personagens e entendesse os dilemas deles. 

O final foi bem amarrado, mas dá bastante margem para a imaginação do leitor. Como é de característica da própria autora - e ela mesma admite nos agradecimentos - foi corrido. Mas isso nada incomoda ou tira a beleza desse chick lit como um todo. 

Cecelia Ahern criou um livro com cara de filme de comédia romântica; daqueles que a maioria de nós já assistiu na sessão da tarde. E ele bem que poderia ir para as telonas também! 



A capa é toda trabalhada nos tons de roxo e tem tudo a ver com a estória. 
A diagramação está super simples e não encontrei muitos erros de revisão ou tradução. Pelo menos nada que me atrapalhasse durante a leitura. 




Para os fãs do gênero, essa é uma grande dica. 

13 comentários :

  1. Sou mega fã da Cecelia, acredito que esse livro tem uma história muito bonita.
    Tô doida para ler!
    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  2. nunca li nada da cecilia mas não sei se leria, acho que ele puxa demais pra um lado romantico e não gosto.

    ResponderExcluir
  3. Oie!!!
    O fato de você falar que a história (que parece ser dramática), está mais para um chick lit, me faz querer ler esse livro correndo..
    Nunca li nada dessa autora, mas como gosto de romance, creio que vou adorar o livro,
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Oi, Gabrielly!
    Faz tempo que não leio nada da autora por conta de seus últimos livros ser em sua maioria dramas, eu não gosto do gênero. Fiquei bem animada por esse ser chick lit, estou com ele na estante e vou ler logo. Acho que vou gostar bastante! :)

    Beijos,

    Rafa [ blog - Fascinada por Histórias]

    ResponderExcluir
  5. Sinceramente! Nunca li nada dessa autora e não sei se combina com o meu estilo literário, pois romance não é muito o meu Fort, mas quem sabe eu não leia e goste.

    Atenciosamente Um baixinho nos Livros.

    ResponderExcluir
  6. Oi Gaby, eu estou com esse livro aqui na minha estante para ler e só não peguei por falta de tempo ainda. Sou louca pelos livros da Cecelia, não li um que não tenha gostado ainda, e pela sua resenha eu tenho certeza que vou amar, amo esses livros que parecem filmes da sessão da tarde! hahaha

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  7. eu não sou fã de romances, e quando vi esse lançamento entre os novos da NC, nem solicitei... achei meio tosco o fato da mulher viver sua vida em função de livros de autoajuda... na verdade, o livro traz três elementos que não curto: romance, autoajuda e chick-lit xD
    enfim... mas pra quem gosta,d eve agradar bastante... nunca li nada da autora e não sei se vou ler...

    ResponderExcluir
  8. OI Gaby!
    Não sou fã do gênero, mas pedi o livro pra dar uma segunda chance para a Cecelia, já que o meu relacionamento com ela e o livro A Lista não foi nada do que eu esperava. Quero muito poder rir e suspirar com esse livro e me apaixonar pelos personagens, torcendo aqui pra amar esse livro!
    Beijos

    LuMartinho | Face

    ResponderExcluir
  9. Gabrielly, eu gosto do gênero e sou louca para ler outra coisa da Cecelia.
    P.S. Eu te amo me conquistou, mas outros livros dela não tinham me chamado atenção.
    Esse já chamou.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Ahh que história mais linda! Adorei a capa também. Nunca li nada da autora, mas tenho muita vontade Adorei a resenha e fiquei com muita vontade de ler esse livro! *-*
    p.s.: as fotos ficaram super legais!

    ResponderExcluir
  11. O livro não me chamou atenção pelo título, mas sua resenha me mostrou um lado diferente dele que me fez pensar em ler. Quem sabe não coloco na lista?

    www.thunderwave.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oi!
    Não tenho muita vontade de ler as obras da Cecelia, e por isso não leria este livro. Mas certamente indicarei para quem gostar do gênero e da autora.

    Beijos
    http://ummundochamadolivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Olá,
    Antes de mais nada tenho que dizer que a capa é bem feia, se fosse só por ela não leria.
    Pela sinopse parece ser uma comédia romantica bem leve, mesmo com um pouquinho de drama que da pra achar por ali.

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!