Favoritos de 2014 (em construção)

domingo, 24 de janeiro de 2016

A Metamorfose, de Franz Kafka || Lendo Clássicos 2.0 #1


“Certa manhã, depois de despertar de sonhos conturbados, Gregor Samsa encontrou-se em sua cama metamorfoseado num inseto monstruoso.”




A Metamorfose, de Franz Kafka, é uma novela de leitura exigente, densa. A narrativa, com seus poucos personagens e ambientação resumida a um apartamento, é fantástica e improvável.
Nosso personagem, Gregor Samsa, acorda certa manhã (depois de um sono intranquilo) e se vê totalmente mudado. Fora convertido em um inseto.
Inseto esse que nunca foi especificado e cujo tamanho também é um mistério. Pelas características que encontramos nas descrições feitas por Gregor, podemos supor se tratar de uma barata maior que o normal e mais resistente ou algo assim. 

Após o susto inicial, seu e de sua família, Gregor fica exilado em seu quarto, onde passa todo o tempo refletindo sobre sua atual condição. Ele não procura uma explicação para sua metamorfose, nem fica histérico, mas vai se acostumando à condição de inseto cada dia mais, lidando com aquilo da melhor maneira possível (ou a menos pior). 

Ele reflete, principalmente, sobre as mudanças comportamentais que observa em sua família e em si mesmo desde o fatídico dia. Poderia Gregor se tornar 100% inseto? Seu comportamento cada vez menos consciente e mais instintivo?
Reflete também sobre seu emprego como caixeiro viajante, trabalhando todos os dias sem folga para pagar a antiga dívida de sua família. E, também, sobre a solidão que o domina, deixando-o cada vez mais melancólico. Sua condição de inseto afasta e assusta qualquer um e o isola do resto do mundo.

"(...) e não falemos desta praga das viagens: cuidar das conexões dos trens; a comida ruim, irregular; relações que mudam sempre, que não duram nunca, que não chegam a ser verdadeiramente cordiais, e nas quais o coração nunca pode ter participações. Ao diabo tudo isso!"

A Metamorfose foi, para mim, uma leitura que exigiu bastante. Apesar das poucas páginas que possui, a narrativa em si é grandiosa. Peculiar, abrupta e um pouco difícil de acompanhar, mas ainda assim de uma grandiosidade absurda.
Me fez refletir, principalmente, sobre família, valores e identidade. Sobre como precisamos de eventos catastróficos e mudanças repentinas para enxergarmos quem realmente somos e com quem vivemos. Ou, claro, de um livro como esse.

Foi minha primeira experiência com o autor e fiquei feliz por ter começado por esse (Obrigada Valéria pela indicação!). Um livro realmente diferente, bastante melancólico e inesperado. É considerada uma das obras mais importantes da literatura mundial. E não é para menos!

Gostei muito e indico à todos!  

9 comentários :

  1. Esse livro tem, com certeza, motivos para ser um dos maiores clássicos da história. Ele é poético do início ao fim, consegue passar a mensagem com poucas páginas. Gosto bastante dele, sempre fico feliz quando vejo outra pessoa que também gostou! hahah

    Abraços,
    http://controleliterario.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Acredita que ainda não li nenhum clássico?! Pois é preciso ler assim que possível. Eu curti bastante o enredo de "A Metamorfose" e sua resenha foi bastante esclarecedora para para mim. Já deixei anotado aqui na minha listinha e assim que possível irei procurá-lo para comprar.

    Frases, Trechos e Pensamentos

    ResponderExcluir
  3. Já li esse livro por livre e espontânea obrigação acadêmica. Intrigante, não? Bem desenvolvido, não? Só que eu meio que achei sacal. Também tenho uma resenha desse livro. Se liga no link: http://meucafecomletras.blogspot.com.br/2014/05/resenha-metamorfose-franz-kafka.html

    ResponderExcluir
  4. Sempre me disseram que aqueles que conseguem ler Kafka são guerreiros, pois o livro costuma ter uma linguagem difícil.Sua resenha está ótima: apresenta o livro de um jeito belo, mas não exagera nas qualidades ao livro. ;)
    Até + ver! Nu.
    As 1001 Nuccias | Curtiu?

    ResponderExcluir
  5. Confesso que ainda não li Kafka, mas pretendo começar. Gostei muito da sua resenha e A Metamorfose parece ser muito interessante. Gosto de obras filosóficas e vou aproveitar sua dica para começar minhas leituras do autor por esse livro.

    ResponderExcluir
  6. Já ouvi muito falar sobre esse livro, mas eu tenho certo medo de me aventurar nessas leituras mais densas, não sei, sempre termino com uma sensação ruim :/ Mas ainda tenho vontade de ler esse livro, algum dia, quando eu estiver me acostumando melhor a livros mais complicados. Ele parece realmente causar muitas reflexões e ser muito bom ☺

    ResponderExcluir
  7. Oi. eu li esse livro há anos e concordo com você é uma leitura densa e muito boa. Acho até que vou colocar nas releituras deste ano. Adorei sua edição.

    ResponderExcluir
  8. Esse livro me marcou de várias formas, mas principalmente pra mim a lição de Aceite as mudanças foi essencial na minha vida.
    E concordo com você por ser difícil, mas acho que o resultado vale a pena.

    ResponderExcluir
  9. Bom, é interessante esse transformação, mas não é uma leitura que eu faria por ser algo que não me atrai, quem sabe no futuro, mas agora não...

    Abraços e até!!

    lendoferozmente.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!