Favoritos de 2014 (em construção)

segunda-feira, 20 de junho de 2016

O Mistério Oculto na Terra Negra, de Clarisse Leal | #euleionacional

"E para que "O Mistério Oculto na Terra Negra" nunca, jamais, fosse desvendado, através dos séculos, muito dedicaram suas vidas àquela que consideravam a sagrada missão, permitindo assim que o poderoso objeto enviado dos céus, repousasse em paz, no deserto, através das eras. Assim foi, assim será, assim está."

Skoob || 264 páginas || Editora Lura
Sinopse: O Mistério Oculto na Terra Negra começa em 3200 a.C. quando um misterioso objeto cai do céu nas areias do Deserto do Saara, impulsionando o desenvolvimento daquela região do Egito. Uma irmandade secreta se forma para proteger os conhecimentos da ganância e de mãos erradas. 
Séculos depois nasce a linda e ambiciosa Zenóbia, filha do sheik das quatro tribos do deserto do Sinai. Na adolescência é atraída e manipulada por um mago praticante de magia negra, para que procure o artefato e o entregue a ele. A partir daí, a jovem empreende uma jornada épica na qual usará todos os meios – inclusive a crueldade – para alcançar seus objetivos. Até se deparar com a última barreira: o Amor. 



Fruto de intensa pesquisa, O Mistério Oculto na Terra Negra narra a história de Zenóbia de Tadmor, filha de um poderoso sheik chamado Amr. Desde sua infância, foi treinada para ser uma mulher forte, guerreira, além de ter aulas com um tutor. Fora formada para substituí-lo, quando a hora chegasse. Combates corpo a corpo, aulas particulares, prática com os animais... pouco tempo lhe sobrava para ser uma criança "normal", mas Zenóbia sempre teve fome de conhecimento, e de ver o mundo além das areias do deserto que cerca o palácio onde vive. Mimada pelos pais, eles cedem a mais um capricho da menina: ela quer viajar. 

Mal sabiam seus pais, e ela mesma, que aquela viagem mudaria suas vidas para todo o sempre. 
Agora nas terras em que sua mãe, Al-Zabba, cresceu, Zenóbia mal pode conter seu deslumbramento; sua felicidade em conhecer tantas coisas novas, e tanta gente. Acompanhada também de seu tutor na incursão, ela se aprofunda nos estudos, já conhecendo o lugar como a palma de sua mão, e agora nutrindo um desejo secreto: teria aquilo tudo para si. Seria rainha. A mulher mais poderosa a pisar naquele lugar. Se faria dona de tudo.

Quando conhece o jovem e belo Nefer, ela se vê apaixonada por ele, e se entrega ao rapaz. Quando ele some, depois de engravidá-la, Zenóbia sente um ódio crescer dentro de si, junto à criança, que nunca quis. É então atraída por um mago, praticante de magia negra, que a revela segredos sobre uma fonte secreta de conhecimentos, um objeto oculto naquele deserto, despertando assim ainda mais interesse e ambição nela, que irá mover céus e terras para encontrá-lo, e assim realizar seu maior desejo, o qual parecera impossível e agora não mais: ser rainha de tudo. 




Alguns anos depois, os planos de Zenóbia são ameaçados pelos guardiões dos poderosos conhecimentos, Organização que mantém o objeto de desejo de Zenóbia oculto. À frente dos planos para impedir a revelação e captura de tamanho poder, está Zahara. Uma luta se aproxima, e o bem e o mal duelam. Assim como o amor e a luxúria. Quem irá vencer?

"Bat-Zabbai, a amada do Leste que possuía um poderoso exército sob seu comando, aquela que não acatava ordens de ninguém sob a face da terra, recurar às ordens de... Quem? Todo o reino estava sob seu domínio. Era soberana nas terras egípcias. Não perdoaria tal afronta."

Tendo suas 264 páginas divididas em 153 capítulos curtos, essa foi uma leitura rápida e muito proveitosa. A autora conseguiu construir uma trama repleta de aventuras, reviravoltas e bons personagens; prendendo o leitor do começo ao fim. Dividido  em duas partes, a primeira se passa em 3200 a.C. Uma parte pequena, mas que introduz bem o leitor ao cenário e aos poderes do objeto desejado pelos personagens da segunda parte, seu descobrimento e seu grande valor em conhecimento. A segunda parte se passa em 241 d.C. 

É notável o quanto a Clarisse Leal pesquisou, estudou e se aprofundou para criar a ambientação de seu primeiro romance. Suas pesquisas, além de sua viagem para o Egito, foram importantíssimos para a criação e desenvolvimento não só da narrativa, mas dos personagens e do mistério que os envolve.

Sobre alguns pontos que me incomodaram durante a leitura: algumas partes do livro foram muito rápidas, e senti a falta de maiores explicações, mais detalhes. Além disso, os romances foram muito rápidos, havendo pouca ou quase nenhuma química entre os casais.


Apesar das ressalvas, indico fortemente para quem procura uma leitura rápida, dinâmica e original; com bastante intriga e mistério, além de um toque de magia. Espero ter  a oportunidade de ler mais da autora, e que ela continue escrevendo!

Encontrei alguns erros de revisão, mas nada muito grave. As páginas são amareladas e as fontes possuem  um bom tamanho.


*Exemplar cedido em parceria com a Oasys Cultural.


26 comentários :

  1. Oi Gabi!
    Primeiramente gostaria de parabenizá-la pela escolha do livro, pois acho que temos que mostrar apoio aos nossos autores nacionais ;)
    Em relação ao livro gostei muito do enredo, mas entendo seus comentários porque também não gosto quando percebo que algumas partes passam muito rápidas e superficiais (isso não deixa a gente se apegar aos personagens né rsrsrs).
    Parabéns pelo blog.... ahhhh e só pra informar também AMOOO unicórnios kkkk... bjos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado, Priscilla!! Muito obrigada pelas palavras <3 Unicórnios são amooooor <3 <3
      Beijosss!

      Excluir
  2. Oi Gabi, eu ainda não conhecia esse titulo, mas achei a premissa bem interessante, ainda mais depois que li seus comentários também. Amo esse gênero, especialmente por ser um enredo com bastante intrigas e mistérios, além da magia. Imagino mesmo que seja uma leitura dinâmica e rápida, mas acredito que deva ser complexa também. Dica anotada!
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então acho que irá amar a leitura, Fer! Espero que tenha a oportunidade de ler.
      Beijos!

      Excluir
  3. Olá... não conhecia a autora, e que bom conhecer mais da nossa rica literatura nacional. Eu gostei muito da proposta desta narrativa, mas o que mais amei foi a ambientação. Adoro tudo que é relacionado ao Egito, e se a autora pesquisou tanto, ele deve ser bem rico de culturas e detalhes. Uma pena que certas partes foram muito rápidas e que os romances são meio rasos. Mas, de toda forma, é uma leitura que me interessa conhecer, principalmente por ser um nacional falando de tempos passados e com esfera internacional bem diferenciada.
    Obrigada por dividir. ps: ameiii a capa... misteriosa....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha se interessado pela leitura!! Apesar das ressalvas, é um bom livro e merece ser lido. A capa traz um mistério sim, e combina bastante com o que a autora propõe.
      Espero te ver por aqui mais veze!
      Beijos!

      Excluir
  4. Olá...
    Nossa que bacana... sua resenha ta ótima e fico feliz que tenha gostado do livro, infelizmente ele não chamou muito minha atenção, não sei se foi o enredo ou slá rs mesmo assim vou guardar da dica com carinho e quem sabe um dia eu leia não é!
    Beijocas...
    https://westfalllivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oi, ainda não conhecia o livro, mas acho que a leitura não funcionaria muito bem para mim em função das considerações que você fez em relação aos romances rápidos e com pouca química. Vou anotar a dica, mas não pretendo ler em breve.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Não conhecia a história, mas certos elementos que você listou não me chamaram a atenção, apesar de você dizer ser uma leitura dinâmica e rápida e com capítulos bem curtos. Gostaria que tivessem trabalhado melhor o romance, mas achei legal a história ser de um tema que é bem diferente do que eu ultimamente leio.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Oi
    Muito bom ver obras frutos de pesquisa e dedicação de seus autores. Pela qualidade da sua resenha, deu para sentir que vale a pena ler esse livro. Infelizmente não estou muito no clima para esse tipo de leitura, mas vou anotar a dica para uma próxima oportunidade.
    Adorei suas impressões.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  8. Olá!! :)

    Que bom que gostaste assim da leitura, nao obstante algumas ressalvas! :)

    Bem, nao acho estar na altura certa para fazer esse tipo de leitura neste momento.. :) Mas achei interessante ate!

    E gosto de livros assim dinamicos, rapidos e originais! :)

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  9. Olá Gabrielly,
    Não conhecia o livro, mas ele me pareceu ser bem ágil.
    Imaginei que algumas coisas aconteceriam de forma bem rápida, pois os capítulos são extremamente curtos. Fiquei muito curiosa para saber como a história se desenrola e quais foram os fundamentos da autora.
    Anotei a dica e acho que vou curtir muito.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  10. Oi!

    Que capa bonita.
    Bem, eu nunca li nada que tivesse essa ambientação, então seria bem interessante eu ler algo do tipo. Confesso que coisas muito rápidas me irritam e principalmente as mais mal explicadas. Acho que é aquele tipo de leitura que temos que ler para saber mesmo se iremos gostar. Não da pra julgar a opinião do outro. Anotei a dica, quando procurar algo com o tema pra ler, vou lembrar dele.:)


    beijo!

    ResponderExcluir
  11. Oi, tudo bem?
    Não conhecia o livro, mas achei a premissa da história bem interessante, pois adoro livros que tem essa pegada de mistério e magia!
    É realmente uma pena que os romances da história não tenham sido bem desenvolvidos e que tenha faltado química aos casais, mas acredito que ainda sim essa pode ser uma leitura proveitosa.

    Beijos :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  12. Oi!
    Gostei bastante da indicação deste livro!
    Nunca li nada relacionado ao Egito, e esse com certeza é uma ótima leitura, principalmente por haver muito mistério e reviravoltas.
    espero um dia ter oportunidade de ler

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Eu ainda não conhecia esse livro e adorei essa capa!
    Eu adoro livros com ambientação no Egito e fiquei interessada logo de cara. Achei a premissa bem original e o fato de a trama possuir reviravoltas e bons personagens me chama a atenção.
    O fato do romance ser corrido me incomoda porque sou daquelas que torce pelo casalzinho do livro, rs.
    Ainda assim, gostei bastante da história e sua resenha despertou meu interesse.
    Espero ler quando houver oportunidade
    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Oi gatona,

    Eu andava sumida né?haha...vida acadêmica e monografia me deixam sem tempo para prozear com vocês <3

    Eu sou apaixonada pelo Egito e toda sua diversidade cultural que é símbolo de toda África <3
    Reviravoltas e uma personagem forte e marcante já me conquistaram desde a introdução de sua resenha haha.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  15. Menina, deixa eu te falar, quero ler esse livro aí. Tô num momento da minha vida que leio a premissa e vejo o número de páginas, se a história parecer muito boa mas tiver muito mais de 300 páginas, nem leio, estamos vivendo um tempo onde livros de romance comédia estão com tanta descri ao como as crônicas de gelo e fogo e eu me recuso. E sua resenha é incrível e maravilhosa, apesar de amar casais intensos vou me conformar com a minha imaginação, obrigada pelo quote não incrível que você colocou no início, ele fez toda a diferença. Beeeeijos tayletitshine.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Olá,
    Já conhecia o livro, mas nunca li porque a história nunca me conquistou. Adorei sua resenha, que ótimo saber que a autora se aprofundou com maestria e estudou sobre ambientação das cenas do livro, pois assim conseguimos ter detalhes com mais riquezas.
    Beijos!
    http://www.virandoamor.com/

    ResponderExcluir
  17. Olá!
    Não conhecia a autora e nem o seu livro, mas pela sua resenha já fiquei muito interessada. Amo histórias que se passam no Egito, pois sempre são envolta de mistérios, batalhas, magia e muita intriga. E esse livro parece ter tudo isso. A capa está linda e muito chamativa.
    Adorei a sua resenha e vou procurar o livro para poder ler.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  18. Oiii

    Definitivamente nunca ouvi falar,mas achei interessante de mais é diferente de tudo que estou acostumado a ler né,mas vamos oq me espera em mais uma aventura desse gênero,mas deixo pra quem curte garanto ter varias pessoas que adoram,vlw por essa ótima resenha!!

    abraços!
    ‪http://rillismo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Oie! Eu não conhecia a autora nem sua obra e confesso que o título e a capa não atraíram minha atenção, mas, depois de ler a sua resenha, fiquei muito curiosa para saber mais sobre a trama e descobrir tudo o que acontecerá com a protagonista nessa aventura. Nunca li um enredo desse tipo, então tenho certeza de que a experiência de descobrir tudo o que foi escrito e poder desfrutar dos conhecimentos da autora será maravilhosa. Pena que algumas partes foram um pouco negativas. Realmente, fatos que passam muito rapidamente acabam por se tornar desagradáveis. :/ De qualquer forma, espero poder ler em breve. *-*

    Beijos,
    Fernanda Goulart.

    ResponderExcluir
  20. oi, tudo bem?
    Não conhecia o livro, mas achei a premissa bem interessante, até porque sou apaixonada pelo Egito, meu sonho é um dia poder conhecer esse mágnifico país. Outro ponto que me chamou bastante a atenção é o fato de conter magia, amo livros com esse tema, tenho um fraco pelo ocultismo, confesso. Já anotei a dica e assim que der irei lê-lo.

    Beijos e obrigada pela dica!

    Books and Movies
    www.booksandmovies.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Olá

    Já vi ótimas resenhas sobre esse livro, mas o caso é que não consigo ler biografias, mas essa me chama muita atenção em descobrir mais sobre a estória dela e toda essa luta. A capa é magnifica e acho bem interessante mesmo com as suas ressalvas.

    Bjos
    http://rillismo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Oi!
    Recentemente li um livro que se passava no egito e fiquei com vontade de ler outros livros de cultura oriental e esse me interessou, mesmo com alguns dos pontos negativos que você citou. Uma pena os personagens não terem química, acho que esse é um fator que trava um pouco a leitura, mas espero que isso não seja um impecilho caso eu leia. Ótima resenha! Agora estou curiosa para saber o que a protagonista conquistou e se ela conseguiu ou não tudo o que almejava e o destino do filho(a).
    Abraços,
    Andy - StarBooks

    ResponderExcluir
  23. Que história fofa, adorei a premissa! Existe uma distância temporal bem grande entre a primeira parte do livro e a segunda, né? Imagina, de 3200 a.C. a 241 d.C. é uma longa distância. Achei bem bacana a autora ter se dedicado no trabalho de pesquisa para o livro (chegou a viajar para o Egito), isso é muito importante, dá mais verdade à obra. Pena que faltaram explicações e detalhes e que os romances tenha sido rápidos. Mas me parece que é uma boa obra mesmo assim.

    Tatiana

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!