Favoritos de 2014 (em construção)

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Os 13 Porquês, de Jay Asher


Autor: Jay Asher
Título original: Thirteen Reasons Why
Editora: Ática
Ano: 2009
Páginas: 256
Skoob
Sinopse: Ao voltar da escola, Clay Jensen encontra um misterioso pacote com várias fitas cassetes. Ele ouve as gravações e se dá conta de que foram feitas por uma colega de classe que cometeu suicídio duas semanas antes. Nas fitas, ela explica que 13 motivos a levaram à decisão de se matar. Clay é um deles. Agora ele precisa ouvir tudo até o fim para descobrir como contribuiu para esse trágico acontecimento.

Neste livro acompanhamos o personagem Clay Jensen, que encontra na porta de sua casa uma encomenda destinada a ele. Clay não fazia ideia, mas quando abrisse aquela caixa sua vida mudaria para sempre...

Dentro daquele misterioso embrulho ele encontra várias fitas cassetes com gravações feitas por Hannah, uma colega de escola que cometeu suicídio apenas duas semanas antes. Ali, naquelas confissões, como um diário macabro, ela lista os motivos que a fizeram desistir de tudo, ou melhor, as pessoas que, de diferentes formas, fizeram com que uma adolescente decidisse acabar com a própria vida.

Em meio a uma onda de sentimentos, incluindo impotência, medo e expectativa, além de uma tristeza profunda, Clay precisa ter forças para chegar até o fim daquelas fitas, e enfim entender seu papel ali, já que não lembra de ter feito algum mal à Hannah, por quem teve uma queda durante todo o colegial. Mas as palavras tem força, e ele não está preparado para o que ela vai revelar... Será que terá forças também para passar aquelas fitas adiante?

Os 13 Porquês é uma das obras mais aclamadas do gênero Jovem Adulto, e conquistou muitos leitores ao redor do mundo. No Brasil, foi publicado em 2009 pela editora Ática.

Quando peguei esse livro estava um pouco receosa pelo que encontraria. Suicídio é um dos temas que mais me interessam na literatura, mas, como um tema difícil, precisa ser tratado em um cenário bem construído, e não de qualquer forma. Pois bem, fiz a leitura e, infelizmente, o livro não funcionou muito para mim. Lembrando que essa é a minha opinião sobre a obra.


Algumas ações do Clay não fazem muito sentido em alguns momentos enquanto ele escutava a fita, foram realmente forçadas. E sobre as fitas... 

O autor fez um retrato bem interessante da adolescência e abordou o Bullying com muita propriedade. Acredito que quem já sofreu com isso vai se identificar com situações vividas pela Hannah na história. Neste quesito, o autor realmente foi bem sucedido. Nas fitas a personagem conta como coisas consideradas "pequenas" ou "sem importância" pelos outros, a fizeram mal, como uma reação em cadeia que só a levavam para baixo, e a falta de atenção por parte de todos a sua volta, que não percebiam os sinais de seu declínio.


Infelizmente o Clay não me convenceu, e alguns outros personagens secundários foram (e repito aqui que essa é MINHA opinião) mal desenvolvidos e nada originais. Se não fossem esses probleminhas, talvez a leitura tivesse sido um pouco mais envolvente, pelo menos até chegar ao final que, ao meu ver, foi muito abrupto.

Relutei a escrever essa resenha, pois sei que temos por aqui muitos leitores fãs dessa obra e minha opinião não é das mais positivas. Quis gostar do livro, quis muito, mas definitivamente não foi tão bom assim e essa é minha opinião sincera sobre ele. Se você gosta dos temas abordados, faça sim a leitura! E, se já leu, me conta nos comentários o que achou :)

Uma novidade bem bacana é que a Netflix irá lançar em breve uma série inspirada no livro, e com certeza irei conferir para trazer uma crítica para vocês também.
Trailer:

15 comentários :

  1. Oi, tudo bem?
    Eu tenho interesse em ler este livro, mas, por ser um tema tão difícil, é uma leitura que estou postergando.
    Apesar dos aspectos negativos que você destacou, ainda pretendo ler. Só estou esperando um momento que eu me sinta mais preparada para ler.
    De qualquer forma, ótima resenha! Muito bom você falar sobre o que não gostou também, é sempre importante ser sincero nas resenhas. Parabéns!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Oi!
    Sempre tive muita vontade de ler esse livro pois foram tantas críticas positivas que ja li que foi impossível ficar imune e não ficar curiosa com a obra, entretanto nunca fiz muito esforço para comprar um exemplar e por isso não li ainda mas com a aproximação do lançamento da série a vontade retornou. A sua resenha é a primeira que en que vejo pontos negativos em relação aos personagens, o que na verdade me deixou mais tranquila pois diminuiu minhas expectativas em relação a história mas sem matar a vontade de a conhecer.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Oi, Gabrielly!
    Poxa, que pena... Sei bem como é a gente começar a ler um livro, sentir que não está funcionando e mesmo assim desejar gostar da leitura. Às vezes acontece, não tem jeito. O livro tem mesmo muitos fãs, a maioria das resenhas que li até hoje foram positivas. Eu quero muito ler, o tema também me atrai. Vamos ver o que acho...

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  4. Oi, eu amo esse livro, li ele faz um tempo e amei, uma pena que você não gostou assim como eu, mas entendo seus motivos, estou muito ansioso pra série que a netflix vai lançar.
    Abraços

    ResponderExcluir
  5. Oii, tudo bem?
    Esse é um dos livros que realmente tenho mais interesse em ler, ate hoje só li comentários positivos e acho o enredo um tanto dramático, mas leria porque quero chorar HAUAHAUAHUAAHu ótima resenha.
    Beijinhos da Morgs!

    ResponderExcluir
  6. Oii
    Li o livro há algum tempo e também não fiquei super fã. Ao contrário de você, não foi o Clay que me fez desgostar da obra, mas sim os motivos da Hannah ter cometido o suicídio. Sei que quando somos adolescentes tudo é motivo para dramas e tal e felizmente nunca tive ninguém próximo com depressão, então entendo pouco do que pode levar uma pessoa ao suicídio. Então a minha perspectiva da leitura também foi que ela não é tão maravilhosa assim (apesar de ter me apegado muito a Hannah e durante a leitura esquecer que ela estava morta).
    Apesar dos pesares, estou louca para a estréia da série. =)

    Vícios e Literatura

    ResponderExcluir
  7. Apesar de ter gostado desse livro não cheguei a amá-lo. Sofri muito bullying na escola, e me identificar com as algumas coisas foram inevitáveis. O que mais gostei nessa leitura, é a reflexão que ele nos traz sobre as pequenas coisas, pequenos atos que por muitas vezes achamos que é insignificante pode fazer grande diferença na vida daqueles que nos cercam. Tinha visto que a Selena Gomez tinha comprado os direitos para o filme e vi até um trailer. Estou ansioso para a estréia da série na Netflix, pois acredito que será bem legal. Beijoss do Wes ^^

    ResponderExcluir
  8. Aqui em casa quem leu este livro e adorou foi a minha filha, ele é formidável para os adolescentes, eles se identificam. Beijos no coração.

    ResponderExcluir
  9. Oi!
    A sinopse do livro me atraiu, mas sempre vejo por aí alguém falando que parece que "faltou algo", que poderia se melhor trabalhado, etc.
    Não sabia que teria uma série na Netflix...talvez eu dê uma espiada.

    ResponderExcluir
  10. Olá Gabrielly, tudo bem?

    Lembro desse livro no lançamento, é uma obra que tem feito sucesso, eu particularmente sempre tive curiosidade de ler a obra e é algo que ainda pretendo fazer, mas não no momento. É uma pena que sua opinião não seja das mais positivas, por outro lado é bom, pois pesquiso mais sobre o livro.
    Bjuss

    ResponderExcluir
  11. Conheço o livro, mas não tive o prazer de ler. Não sabia desta ideia de série, mas gostei. O assunto do livro é importante, além de atual
    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Olá, tudo bem? Nossa agora com a série, ele vai estourar no mercado. Já ouvia falar dele na blogosfera tem um tempinho mas nunca me interessei justamente pelo ponto que você citou. Acho suicídio um tema fortíssimo, e ele tem que ser bem trabalhado. Desde essa época, já via resenhas não tão boas e resolvi não arriscar. Obrigada pela resenha sincera!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. oie,li esse livro a um bom tempo e já reli milhões de vezes, sou uma das fãs dele e entendo sua opnião,cada um tem uma mente e pode gostar ou não de um livro.
    vejo muita gente dizer que ela não teve um real motivo para se suicidar, mas ninguém conhece a cabeça e os sentimentos do outro, algo pequeno para nós pode ser uma bomba atômica para outras pessoas, espero que a série da netflix seja boa e que pelo menos você goste dela haha, bjs

    ResponderExcluir
  14. Olá...preciso conferir essa obra, ganhei de presente de amigo secreto no último Natal, mas ainda não li por conta dos afazeres.

    Abraços

    ResponderExcluir
  15. Oi Gaby!
    Eu estava curiosa pra conferir a tua opinião... faz um tempão que eu li, mas lembro que a sensação ao término foi "não era tudo isso que diziam". Achei que o final não foi muito satisfatório... E não tem que se relutar em ter uma opinião divergente da maioria não! Você fez sua resenha maravilhosamente bem (como sempre) e colocou os pontos positivos e negativos da obra. Tá tudo certo, só é uma pena a gente ir com uma expectativa e se decepcionar né? :( rs
    Beijos

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!